Singrando Horizontes

Vive muito mais feliz
quem bebe as águas das fontes,
e, também, minh´alma diz,
quem vai Singrando Horizontes !
(Ialmar Pio Schneider - Porto Alegre/RS)

Vai, Singrando Horizontes,
O infinito é a ambição
rumo aos mais distantes montes,
rumo à imaginação!
(Sinclair Pozza Casemiro - Campo Mourão/PR)

Você é a Gralha Poeta
que leva nossa poesia
ao mundo, em que o grande esteta
criou com tanta harmonia!
(Nei Garcez – Curitiba/PR)
Nas artes e na literatura, vão surgindo as classificações didáticas, as separações por faixas etárias, estilos, temáticas etc. Ha professores e alunos no Brasil, que aprendem só isso da produção artística. Decoram nomes, escolas e datas, mas não se embrenham nos livros, preferem o futebol ou o vídeo-game. A Literatura de boa qualidade nos empolga, lemos sem poder largar o livro, as páginas suscitam nossa emoção, respondem ou provocam perguntas.

Sem a Literatura acumulada nos séculos, o ser humano estaria muito mais próximo da animalidade que ainda o caracteriza nas páginas policiais. Em minhas oficinas ninguém gasta muito tempo com aquela americana lista de soft, hard etc. etc. Falamos em cenas que não saem da memória, em emoções que derramam lágrimas, falamos em idéias e como expressa-las com eficiência. Quem entra em um Museu não fica procurando renascentistas, impressionistas, dadaistas, cubistas ou abstracionistas. O espectador inteligente não procura escolas ou datas, procura obras primas. Nossa ambição deve ser a obra-prima.

(André Carneiro)


Fonte da Imagem da Pomba = http://www.senado.gov.br/portaldoservidor/jornal/jornal121/qualidade_vida_paz.aspx

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

José Faria Nunes (Solenidade de Posse da ALB/Goiás e Academia de Letras do Brasil/ Mato Grosso do Sul, hoje as 19h30)




A Academia de Letras do Brasil-ALB instala-se em Goiás dia 29 de outubro de 2010, com a participação de mais de 50 escritores da capital, Goiânia, e representantes das cidades de Anápolis, Cachoeira Alta, Caçu (sede), Ipameri, Itarumã, Jataí, Mineiros, Paranaiguara, Porangatu, Quirinópolis, Rio Verde, Santa Cruz de Goiás e Santo Antônio de Goiás.

A solenidade, que terá lugar no Centro Cultural Rozenda Cândida Guimarães, a partir das 19 horas, será presidida pelo presidente nacional da ALB, professor doutor PhD Mário Carabajal. A solenidade contará com presenças de escritores e poetas de diversos Estados do Brasil, da França, Suécia, Chile e Colômbia, entre eles dirigentes de entidades literárias nacionais e do exterior, além de autoridades dos Poderes Executivo, Legislativo, Judiciário, de entidades de classe, religiosas, empresariais e de instituições não governamentais, entre outras.

ALB/Mato Grosso do Sul

Além da instalação da ALB/Goiás, diplomação e posse de acadêmicos goianos, na oportunidade será formalizada também a criação da ALB/MS-Academia de Letras de Mato Grosso do Sul, com a posse de sua Presidente Executiva, poeta Nena Sarti e os poetasReginaldo Sans e Vanda Ferreira.

Os imortais de Campo Grande, Mato Grosso do Sul, foram indicados pelo presidente executivo da ALB/Goiás, imortal José Faria Nunes. Os três acadêmicos da “Cidade Morena” são também membros da Associação Internacional de Poetas Del Mundo, que está promovendo, por meio do seu Consulado de Goiás, o I Encontro Nacional de Poetas Del Mundo do Brasil, de 28 a 31 de outubro, na cidade de Caçu.

Os presidentes Mundial e Internacional dos Poetas Del Mundo, Luiz Arias Manzo e Delasnieve Daspet, estarão presentes na solenidade daALB/Goiás em Caçu. Os dois foram homenageados recentemente no Rio deJaneiro pelo presidente Nacional da ALB com o título de PH.I -Doutores em Philosofia Univérsica” – Ph.I. Filósofo Imortal “HonorisCausa”. Arias Manzo foi homenageado também pelo presidente prof. dr.Mario Carabajal com a cadeira honorifica nº 3 da ALB, e a Presidente Executiva Delasnieve Daspet, com a cadeira honorifica nº 4.

Escritores da ALB/GO a serem diplomados e empossados

Dos 59 poetas e escritores habilitados para a ALB/Goiás nem todos vão tomar posse em Caçu. Alguns, por motivos de saúde ou compromissos anteriormente assumidos, outros por questões de trabalho, a exemplo do escritor e poeta Ney Teles de Paula, desembargador presidente do TRE de Goiás, responsável pela presidência do pleito eleitoral em Goiás.

Na solenidade serão também empossados outros membros de direção da ALB/Goiás, seu Conselho Superior e alguns presidentes de ALBMs-Academias de Letras do Brasil Municipais. Além dos Acadêmicos goianos, segundo os estatutos da ALB, poderão também ser diplomados eempossados, na ocasião, acadêmicos de outros Estados que já estejam devidamente habilitados para diplomação e posse e requeiram a efetivação desse direito até 15 dias antes da solenidade, ou seja, até o dia 14 de outubro. Há informação de que um escritor do Pará já manifestou interesse em ser diplomado e empossado na solenidade de Caçu.

A seguir, relação completa dos escritores titulares de cadeiras vitalícias da ALB/Goiás, das 14 cidades já presentes na história da ALB em Goiás, por ordem alfabética de cidades, acadêmicos e respectivas cadeiras. Para concluir, a relação dos imortais da ALB/MS, com suas respectivas cadeiras.

I – ANÁPOLIS:
1 - Ridamar Batista (já empossada em Brasília)
2 - Paulo Nunes Batista

II - CACHOEIRA ALTA:
1 - Terezinha Moreira Alves

III – CAÇU:
1 – José Faria Nunes
2 - Dauro Divino Guimarães
3 – Eliene Aparecida Ferreira
4 - Elvis Souza Nascimento
5 – Joana D'Arque de Freitas
6 - Lázara Ambrósia de Souza
7 - Lionízia Pereira Martins
8 - Maria Aparecida Gama de Almeida
9 - Ravel Giordano de Lima Faria Paz
10 -Rone Sólon Fideles
11 -Rozaíres Guimarães de Lima Nunes
12 -Valdir Alves da Costa

IV - GOIÂNIA
1 - Adelice da Silveira Barros
2 - Aidenor Aires Pereira.
3 - Brasigóis Felício Carneiro.
4 - Delermando Vieira
5 - Edival Lourenço
6 - Elizabeth Caldeira Brito
7 - Geraldo Coelho Vaz
8 - Hélio Moreira
9 - Iuri Rincon Godinho
10 - José Mendonça Teles
11 - José Ubirajara Galli
12 - Lêda Selma
13 - Leonardo Teixeira
14 - Maria do Rosário Cassimiro
15 - Miguel Jorge
16 - Ney Teles de Paula
17 - Valdivino Brás
18 - Waldomiro Bariani Ortêncio

V - IPAMERI
1 - Lupércio Mundim

VI - ITARUMÃ
1 - Josenildo Gomes dos Santos
2 - Rômulo Darc Fonseca Santos
3 - Valdivino Barbosa dos Santos

VII - JATAÍ
1 - Cássia Vicente
2 - Dinair Pereira de Assis
3 - Nicodemus Souza Miranda
4 - Gênio Eurípedes Assis

VIII - MINEIROS
1 - Martiniano José da Silva

IX – PARANAIGUARA
1 - José Carvalho

X - PORANGATU
1 - Adejar Vicente dos Santos

XI - QUIRINÓPOLIS
1 - Agostinho de Almeida Moreira
2 - Elzi M. La Guárdia
3 - Jacinto Euzebio Ferreira
4 - Janete Martins Medeiros
5 - Joelma Gonçalves Rocha
6 - Jonan de Castro Reis

XII - RIO VERDE
1 - Ana Luiza de Lima,
2 - Zilda Pires

XIII - SANTACRUZ DE GOIÁS
1 - Fátima Paraguassu (Já empossada em Brasília)
2 - Arádia Raymon
3 - Maria Loussa

XIV - SANTO ANTÔNIO DE GOIÁS
1 - Nazareth Batista

XV - CAMPO GRANDE - SECCIONAL DE MATO GROSSO DO SUL
1 –Nena Sarti - Com indicação para a Presidente Executiva de Mato Grosso do Sul
2 – Reginaldo Sans
3 - Vanda Ferreira
_________________________
Faria Nunes é Escritor Presidente da ALB/GO. Presidente do Conselho Superior Estadual da ALB/GO. Membro do Conselho Superior Nacional da ALB.

Fonte:
Portal Vania Diniz

Nenhum comentário:

Autor Anônimo (Oração do Cão Abandonado)

DEUS
Sei que sou um ser criado por ti, para ser amado
pelos homens mas nasci sem a sorte de alguns de minha espécie.

Hoje meu dono levou-me a um passeio de carro.
Chegamos em uma praça, ele tirou minha coleira,
me fez descer do carro, e virando-me as costas,
foi embora e nem se despediu.

Tentei segui-lo mas o carro corria muito e não pude alcançá-lo.
Caí exausto no asfalto. Ainda não entendi. Por que ele me abandonou?

Eu sempre o recebi abanando o rabo, fazia festa e lambia seus pés.
Sempre lati forte, para defendê-lo e afastar os estranhos da porta.

Eu brincava com as crianças... ah! elas me adoravam.
Que saudades. Será que elas ainda se lembram de mim?

Deus, eu fico imaginando como seria bom se eu pudesse
comer agora. Puxa, estou faminto.

Não tenho água para beber, e estou tão cansado.

Procuro um cantinho onde possa me abrigar da chuva,
mas muitas vezes sou chutado.
As pessoas não gostam muito de mim aqui nas ruas.

Estou fraco, não consigo andar muito,
mas encontrei enfim um lugar para passar essa noite.

Está muito frio e o chão está molhado.
Já não tenho pêlo para me aquecer, estou doente,
e creio que ainda hoje vou me encontrar contigo.
Aí no céu meu sofrimento vai terminar.

Peço-vos então, pelos outros, por todos os cãezinhos e animais
abandonados nas ruas, nos parques, nas praças.

Mande-lhes pessoas que deles tenham compaixão,
pois sozinhos, viverão poucos meses, serão atropelados,
sofrerão maltratos dos impiedosos. Proteja-os.

Amenize-lhes esse frio, com o calor das pessoas abençoadas.

Diminua-lhes a fome, tal qual a que sinto, com o alimento do amor que me foi negado.

Sacie-lhes a sede com a água pura dos Seus ensinamentos.

Elimine a dor das doenças, dos maltratados, estirpando a
ignorância do homem.

Tire o sofrimento dos que estão sendo sacrificados em atos
apregoados como religiosos, científicos, tirando das mãos
humanas a sede pelo sangue.

Abrande a tristeza dos que, como eu, foram abandonados,
pois, dentre todos os sofrimentos, esse foi o maior e mais
duro de suportar.

Receba, DEUS, nesta noite gelada, a minha alma, e
minha oração pelos que aqui ficam. É por eles que vos peço,
pois não são humanos, mas são Seus filhos, e são leais e inocentes, e foram criados por Suas mãos e merecem o Seu abrigo.

Amém.

Enviar a pagina em pdf por e-mail

Send articles as PDF to