Singrando Horizontes

Vive muito mais feliz
quem bebe as águas das fontes,
e, também, minh´alma diz,
quem vai Singrando Horizontes !
(Ialmar Pio Schneider - Porto Alegre/RS)

Vai, Singrando Horizontes,
O infinito é a ambição
rumo aos mais distantes montes,
rumo à imaginação!
(Sinclair Pozza Casemiro - Campo Mourão/PR)

Você é a Gralha Poeta
que leva nossa poesia
ao mundo, em que o grande esteta
criou com tanta harmonia!
(Nei Garcez – Curitiba/PR)
Nas artes e na literatura, vão surgindo as classificações didáticas, as separações por faixas etárias, estilos, temáticas etc. Ha professores e alunos no Brasil, que aprendem só isso da produção artística. Decoram nomes, escolas e datas, mas não se embrenham nos livros, preferem o futebol ou o vídeo-game. A Literatura de boa qualidade nos empolga, lemos sem poder largar o livro, as páginas suscitam nossa emoção, respondem ou provocam perguntas.

Sem a Literatura acumulada nos séculos, o ser humano estaria muito mais próximo da animalidade que ainda o caracteriza nas páginas policiais. Em minhas oficinas ninguém gasta muito tempo com aquela americana lista de soft, hard etc. etc. Falamos em cenas que não saem da memória, em emoções que derramam lágrimas, falamos em idéias e como expressa-las com eficiência. Quem entra em um Museu não fica procurando renascentistas, impressionistas, dadaistas, cubistas ou abstracionistas. O espectador inteligente não procura escolas ou datas, procura obras primas. Nossa ambição deve ser a obra-prima.

(André Carneiro)


Fonte da Imagem da Pomba = http://www.senado.gov.br/portaldoservidor/jornal/jornal121/qualidade_vida_paz.aspx

quinta-feira, 30 de maio de 2013

A. A. de Assis (Revista Virtual de Trovas "Trovia" - n.162 - junho de 2013)

I

Se acaso eu fosse rainha,
dava a você meu reinado;
e, se fosse uma andorinha,
o meu ninho no telhado.
Colombina

A esperança, na viagem,
é ter a felicidade
de chegar junto à miragem,
e a miragem ser verdade.
Élton Carvalho

Muita gente que eu não gabo
lembra a pipa colorida:
– quanto mais comprido o rabo
mais alto sobe na vida!...
Joubert de Araújo e Silva

Os bons vi sempre passar
no mundo graves momentos;
os maus vi sempre nadar
em mar de contentamentos.
Luís de Camões

Desconfio que a saudade
não gosta de ti, meu bem.
Quando tu vens, ela vai...
quando tu vais, ela vem...
Luiz Otávio

Isto é próprio das mulheres,
não tem quase nem talvez:
– Nem dizes que não me queres
nem me queres de uma vez...
Luiz Rabelo
 
Do cigarro, a xepa fria
atira com precisão.
Mostra boa pontaria,
mas bem pouca educação.
Adélia Woellner – PR

É sovina a minha amiga:
se vai à feira gastar,
não compra nem uma briga
sem primeiro pechinchar!
Arlindo Tadeu Hagen – MG

Vovó, num desejo enorme
de um milagre conseguir,
por teimosia, não dorme
nem deixa vovô dormir!...
Edmar Japiassú Maia – RJ

Quando, dengosa, tu piscas
os teus olhinhos assim,
não precisas de outras iscas,
esse anzol cuida de mim...
Nélio Bessant – SP
 
O presente desatina
quem cai no conto falaz:
trocar voto por botina
leva sempre um pé por trás.
João B. X. Oliveira – SP

O carro virou paçoca
num acidente invulgar...
– Socorro!, grita a dondoca,
salvem o meu celular!
Maria Ignez Pereira – SP

Tem, por sorte, a fofoqueira
o noivo que lhe interessa:
– é de família açougueira,
e de “língua” entende à beça.
Osvaldo Reis – PR
 
Na noite do seu casório,
sendo um noivo muito antigo,
usou até suspensório,
mas não sustentou o artigo...
Wanda Mourthé – MG
 
Dê-se ao jovem liberdade
para sem medo ele ousar.
– É no ardor da mocidade
que o sonho aprende a voar!
A. A. de Assis – PR

Da janela do avião,
olhando as nuvens branquinhas,
sinto a grata sensação
de tuas mãos junto às minhas!
Alberto Paco – PR

A arte da dança é linda
quando fazemos brilhar
nos passos a graça infinda
de amar quem nos faz sonhar.
Agostinho Rodrigues – RJ

O medo é perturbador
e afeta a nossa razão;
faz que as coisas sem valor
pareçam mais do que são.
Amilton Maciel – SP

Tudo acabou em quimera
na tarde chuvosa e fria
e a grande perda me espera
dentro da casa vazia...
Angélica Villela Santos – SP

Paixão, doação, entrega,
cada um sabe da sua;
ninguém vê como se apega,
mas vai pro mundo da lua.
Antonio Cabral Filho – RJ

Vês as ondas deste mar
enormes e violentas?
Igual meu jeito de amar
que com o teu apascentas.
Benedita de Azevedo – RJ

Sempre acolho de mãos postas
e humilde tento aceitar
o silêncio das respostas
que a vida não sabe dar.
Carolina Ramos – SP

Sei quando vais demorar...
Mesmo assim tudo ofereço:
quem espera para amar
paga ao tempo qualquer preço!
Clenir Neves Ribeiro – Austrália
 

A neve nos pinheirais,
nestas paragens do Sul,
forma brincos de cristais
na terra da gralha azul.B
Cônego Telles – PR

Quiero siempre despertar
con trinos por la ventana,
que las aves saben dar
con fervor cada mañana.
Cristina Oliveira Chávez – USA

Não ligo às perdas e danos
que o destino impõe, porque
podem passar dez mil anos
que eu hei de esperar você!
Dáguima Verônica – MG

Anunciou a partida,
dizendo: – “É melhor assim”!
E saiu da minha vida,
levando o melhor de mim...
Darly O. Barros – SP
 

A mensagem foi pequena:
– Não me esperes, por favor!
Não chorei. Não vale a pena
chorar por um falso amor!
Delcy Canalles – RS

Tantos anos, e eu daqui,
cuidei da vida lá fora;
fiquei moço, envelheci...
– Mas estou voltando agora!
Diamantino Ferreira – RJ

Com as “notas” da alegria,
ou “dissonância” sofrida,
Deus compõe a melodia
da partitura da vida.
Domitilla B. Beltrame – SP

Velho tronco, na queimada,
em dolorosa utopia,
sonha ouvir a passarada
que em vida abrigou... um dia.
Dorothy Jansson Moretti – SP

Bendito seja o sujeito
que, traído pelo irmão,
tira do fundo do peito
a fortuna do perdão!
Eduardo A. O. Toledo – MG

Às suas falas dispense
o respeito mais profundo,
que o silêncio nos pertence
mas a palavra é do mundo.
Élbea Priscila – SP

Voa, passarinho, voa,
que gaiola é só maldade.
Livre, lá nos céus entoa
o cantar da liberdade.
Eliana Jimenez – SC

Adeus com dores combina,
adeus inspira piedade.
Adeus de amor, triste sina
de quem vive de saudade!
Eliana Palma – PR

Eu não me prendo à verdade
e à razão sempre me imponho,
porque toda a realidade
antes de tudo foi sonho!
Elisabeth Souza Cruz – RJ

Para amainar meus cansaços,
num fim de tarde que tranço,
busco a rede dos teus braços
meigos laços... meu descanso!
Flávio Stefani – RS

Porteira velha, o gemido
dessa dor que te corrói...
é o teu passado esquecido
que em teu presente inda dói!
Francisco Garcia – RN

Velho – carrego esperanças,
adubando a vida em flor:
quem não cultiva as lembranças
mata as raízes do Amor.
Gabriel Bicalho – MG

Dei-lhe asas de querubim
e as penas do meu penar!...
– Meu coração mesmo assim,
não aprendeu a voar!...
Gisela Sinfrónio – Portugal

Não lembro de ti, passado,
pois consegui te esquecer;
agora só tenho ao lado
os sonhos que vou viver!
Gislaine Canales – SC

Não haverá sociedade
que possa ser construída
sem a fé na humanidade
e o respeito pela vida.
J. B. Xavier – SP

Meu otimismo teimoso
faz-me ver em cada irmão
o seu lado esplendoroso,
em permanente ascensão.
Jeanette De Cnop – PR

No meu sonho mais profundo,
em pensamentos imerso,
eu fui além do meu mundo,
viajei pelo universo.
Jessé Nascimento – RJ

O saber é consagrado,
tem mais valor do que o ter;
o ter pode ser roubado,
mas nunca roubam saber.
João Medeiros – RN

Tanto mal nós infligimos
a um alguém que bem nos queira,
que o perdão que lhe pedimos
é uma nuvem passageira.
José Feldman – PR
 

Sei que deste mundo lindo
vou sair, só não sei quando,
mas quero morrer dormindo
para entrar no céu sonhando.
José Lucas de Barros – RN

Em rondas, meu coração,
tropeçando, aqui e ali,
bate em busca da ilusão
que nem sei onde perdi !
José Messias Braz – MG

Quando se tem por escopo
o trabalho e a persistência,
marcar presença no topo
deixa de ser coincidência!
José Ouverney – SP

Sendo a vida a maior graça
que do bom Deus recebemos,
ergamos a nossa taça
enquanto vida nós temos.
José Reinaldo – AL

Se a roseira tem espinho,
para que se aborrecer?
Nada resiste ao carinho,
mesmo podendo sofrer...
José Roberto P. de Souza – SP

Todo homem tem na mulher
um mistério a desvendar:
– sempre ela sabe o que quer,
mas nem sempre quer falar!...
Lucília Decarli – PR
 

Na tessitura do sonho,
vou cortar, sem mais tardança,
esse nó górdio que imponho
a um amor sem esperança.
Luiz Carlos Abritta – MG

Pode ir embora, querida...
Que eu guardo a dor compulsória
de ter que arrancar da vida
quem tatuei na memória.
Manoel Cavalcante – RN

Tem seu momento assinado,
desde o ventre, o filho arteiro:
um gol à vida marcado,
naquele chute primeiro!
Mª da Conceição Fagundes – PR

Ao clamor da liberdade,
tremem os reis e as nações,
porque a força da verdade
tem mais força que os canhões!
Mª Lúcia Daloce – PR

Na travessia das águas
ronda a grande solidão...
Não há sorrisos nem mágoas,
o que me ronda é a paixão.
Mª Luíza Walendowsky – SC

Pela ambição desmedida,
fiz da vida uma procela,
até descobrir que a vida,
quanto mais simples, mais bela.
Mª Madalena Ferreira – RJ

Quando você me critica
e aos amigos faz venenos,
o seu próprio gesto indica
qual de nós dois vale menos.
Maria Nascimento – RJ

Se de novo o amor palpita,
o velho se faz criança...
E como a vida é bonita
no retorno da esperança!
Mª Thereza Cavalheiro – SP
 

Sobre as vagas do oceano,
voando num céu de anil,
sinto alegria e me ufano
de estar voltando ao Brasil!
Marina Valente – SP

Já chorei demais por ela
sem que tenha merecido...
Hoje as lágrimas são dela
por eu já tê-la esquecido.
Maurício Cavalheiro – SP

Beijando, a brisa, meu rosto,
meiga, me faz relembrar,
com saudade e muito gosto,
o amor que pude lhe dar.
Maurício Friedrich – PR

Viajei pelo mundo inteiro
e nunca mais pude achar
o que no instante primeiro
encontrei no seu olhar.
Olga Agulhon – PR

Tua imagem refletida
no espelho de nosso quarto
mostra a saudade sentida,
que só contigo eu reparto...
Olga Ferreira – RS

Se todos fossem iguais,
o que seria da gente?
– Eu posso ser um a mais,
mas você é diferente
Raymundo Salles Brasil – BA

Sob a chuva ou sol, que abrasa,
como nos tempos antigos,
o portão da minha casa
não se fecha aos meus amigos!
Renato Alves – RJ

Um coração congelado
pega fogo, de repente,
quando o amor – fósforo alado,
risca faíscas na gente!....
Roza de Oliveira – PR

De manhã sou funcionária,
à tarde mãe e chofer,
cozinheira, secretária...
À noite, enfim, sou mulher!
Selma Patti Spinelli – SP

Do sonho compartilhado,
agora, somente resta
um convite, amarelado,
marcando o dia da festa...
Sérgio Ferreira da Silva – SP

Não me culpe se a partilha
da sorte lhe foi mesquinha.
Se a sua estrela não brilha,
não tente apagar a minha.
Thalma Tavares – SP

Este amor que, em vão, mascaro,
pois o estampo em rosto mudo,
em silêncio eu te declaro...
Sem palavras, digo tudo!
Thereza Costa Val – MG

A travessia é mais triste
se, no meio do caminho,
nossa esperança desiste
e a gente segue sozinho.
Therezinha Brisolla – SP

Causador da minha insônia,
motivo do meu sorriso,
sem nenhuma cerimônia
me transporta ao paraíso!
Vânia Ennes – PR

O homem vai, sem detença;
rompe os ares, vence espaços!...
A esperança é que ele vença
o desamor em seus passos.
Wagner Marques Lopes – MG

O tempo passou... e agora
já é mais que entardecer,
mas tua presença é aurora
na noite do meu viver.
Zeni de Barros Lana – MG

Nenhum comentário:

Autor Anônimo (Oração do Cão Abandonado)

DEUS
Sei que sou um ser criado por ti, para ser amado
pelos homens mas nasci sem a sorte de alguns de minha espécie.

Hoje meu dono levou-me a um passeio de carro.
Chegamos em uma praça, ele tirou minha coleira,
me fez descer do carro, e virando-me as costas,
foi embora e nem se despediu.

Tentei segui-lo mas o carro corria muito e não pude alcançá-lo.
Caí exausto no asfalto. Ainda não entendi. Por que ele me abandonou?

Eu sempre o recebi abanando o rabo, fazia festa e lambia seus pés.
Sempre lati forte, para defendê-lo e afastar os estranhos da porta.

Eu brincava com as crianças... ah! elas me adoravam.
Que saudades. Será que elas ainda se lembram de mim?

Deus, eu fico imaginando como seria bom se eu pudesse
comer agora. Puxa, estou faminto.

Não tenho água para beber, e estou tão cansado.

Procuro um cantinho onde possa me abrigar da chuva,
mas muitas vezes sou chutado.
As pessoas não gostam muito de mim aqui nas ruas.

Estou fraco, não consigo andar muito,
mas encontrei enfim um lugar para passar essa noite.

Está muito frio e o chão está molhado.
Já não tenho pêlo para me aquecer, estou doente,
e creio que ainda hoje vou me encontrar contigo.
Aí no céu meu sofrimento vai terminar.

Peço-vos então, pelos outros, por todos os cãezinhos e animais
abandonados nas ruas, nos parques, nas praças.

Mande-lhes pessoas que deles tenham compaixão,
pois sozinhos, viverão poucos meses, serão atropelados,
sofrerão maltratos dos impiedosos. Proteja-os.

Amenize-lhes esse frio, com o calor das pessoas abençoadas.

Diminua-lhes a fome, tal qual a que sinto, com o alimento do amor que me foi negado.

Sacie-lhes a sede com a água pura dos Seus ensinamentos.

Elimine a dor das doenças, dos maltratados, estirpando a
ignorância do homem.

Tire o sofrimento dos que estão sendo sacrificados em atos
apregoados como religiosos, científicos, tirando das mãos
humanas a sede pelo sangue.

Abrande a tristeza dos que, como eu, foram abandonados,
pois, dentre todos os sofrimentos, esse foi o maior e mais
duro de suportar.

Receba, DEUS, nesta noite gelada, a minha alma, e
minha oração pelos que aqui ficam. É por eles que vos peço,
pois não são humanos, mas são Seus filhos, e são leais e inocentes, e foram criados por Suas mãos e merecem o Seu abrigo.

Amém.

Enviar a pagina em pdf por e-mail

Send articles as PDF to