Singrando Horizontes

Vive muito mais feliz
quem bebe as águas das fontes,
e, também, minh´alma diz,
quem vai Singrando Horizontes !
(Ialmar Pio Schneider - Porto Alegre/RS)

Vai, Singrando Horizontes,
O infinito é a ambição
rumo aos mais distantes montes,
rumo à imaginação!
(Sinclair Pozza Casemiro - Campo Mourão/PR)

Você é a Gralha Poeta
que leva nossa poesia
ao mundo, em que o grande esteta
criou com tanta harmonia!
(Nei Garcez – Curitiba/PR)
Nas artes e na literatura, vão surgindo as classificações didáticas, as separações por faixas etárias, estilos, temáticas etc. Ha professores e alunos no Brasil, que aprendem só isso da produção artística. Decoram nomes, escolas e datas, mas não se embrenham nos livros, preferem o futebol ou o vídeo-game. A Literatura de boa qualidade nos empolga, lemos sem poder largar o livro, as páginas suscitam nossa emoção, respondem ou provocam perguntas.

Sem a Literatura acumulada nos séculos, o ser humano estaria muito mais próximo da animalidade que ainda o caracteriza nas páginas policiais. Em minhas oficinas ninguém gasta muito tempo com aquela americana lista de soft, hard etc. etc. Falamos em cenas que não saem da memória, em emoções que derramam lágrimas, falamos em idéias e como expressa-las com eficiência. Quem entra em um Museu não fica procurando renascentistas, impressionistas, dadaistas, cubistas ou abstracionistas. O espectador inteligente não procura escolas ou datas, procura obras primas. Nossa ambição deve ser a obra-prima.

(André Carneiro)


Fonte da Imagem da Pomba = http://www.senado.gov.br/portaldoservidor/jornal/jornal121/qualidade_vida_paz.aspx

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Concurso de Narrativas: A magia do circo histórias faz lembrar... (Prazo:

1. Do objetivo

A Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Morro Reuter, no âmbito do programa de valorização da leitura e da escrita Entre estrelas e letras e da XX Feira do Livro e da Leitura de Morro Reuter, com o apoio do Instituto Estadual do Livro (IEL), promove a 8ª edição do concurso de narrativas que parte da ideia de que o circo faz lembrar histórias.

2. Da finalidade

O concurso visa estimular a escrita criativa de alunos da Educação Básica e de pessoas interessadas na “arte” de narrar; integrar professores e alunos em torno de um objetivo comum; valorizar a produção escrita, mediante a divulgação das narrativas inscritas no Concurso.

3. Dos participantes

Poderão participar do concurso todas as pessoas interessadas, de qualquer idade, de qualquer nível de ensino e de qualquer profissão, bem como escritores já reconhecidos. A participação, porém, é vedada aos coordenadores do programa Entre estrelas e letras, aos que vierem a integrar a Comissão Avaliadora e aos patrocinadores do Concurso, bem como a seus cônjuges e parentes diretos. A avaliação será feita de acordo com a categoria do inscrito.

4. Das categorias

As categorias pelas quais as narrativas serão avaliadas são as seguintes:

Alunos de Educação Infantil – 4 e 5 anos, por meio de ilustração feita individualmente que tenha relação com o tema do Concurso;

Alunos do 1º ano por meio de ilustração feita individualmente que tenha relação com o tema do Concurso;

Alunos do 2º e 3º anos do Ensino Fundamental;

Alunos do 4º, 5º e 6º anos do Ensino Fundamental;

Alunos do 7º, 8º e 9º anos do Ensino Fundamental;

Alunos de Ensino Médio;

Alunos da EJA;

Alunos de cursos de Graduação ou de Pós-Graduação;

Categoria livre (nesta, enquadram-se os participantes que, no ato da inscrição, não estiverem frequentando nenhum nível de ensino e que jamais tenham publicado qualquer texto literário por meio de editoras);

Categoria escritor (escritores com obras poéticas ou ficcionais já publicadas em editoras).

OBSERVAÇÂO: As narrativas ilustradas serão avaliadas segundo essa linguagem textual.

5. Da inscrição

A inscrição poderá ser feita a partir do dia 12 de agosto, encerrando-se no dia 01 de outubro de 2013. Ela será efetivada mediante entrega na Biblioteca Pública de Morro Reuter ou por remessa, pelo correio convencional ou pelo correio eletrônico (e-mail), da
narrativa e da ficha de inscrição do concorrente, com os dados devidamente preenchidos, devendo ser atendidas as seguintes regras:

Cada concorrente poderá inscrever, apenas, 01(uma) narrativa;

1. a narrativa deverá obedecer ao tema definido pelo concurso e centrar-se, portanto, em torno de uma história de circo, que envolva os leitores e ative sua imaginação;

2. a extensão da narrativa será limitada a, no máximo, 1.200 (hum mil e duzentas) palavras ou, no caso de ilustração, a uma folha A3;

3. caso faça sua inscrição pelo correio convencional ou coloque na urna lacrada, na Biblioteca Pública Erico Veríssimo, de Morro Reuter, o concorrente deverá anexar a ficha de inscrição, totalmente preenchida e assinada, e duas cópias da narrativa, uma em papel e outra em cd;

3.1 tanto na cópia impressa quanto na eletrônica, deve constar o título da narrativa e o pseudônimo do concorrente, sem que haja qualquer registro que possa identificar o autor;

3.2 a ficha e as duas cópias da narrativa deverão ser encaminhados pelo correio, ou entregues na Biblioteca, até o dia 01 de outubro, data da postagem limite, para o seguinte endereço:

Concurso de Narrativas: A magia do circo histórias faz lembrar
Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SMEC) de Morro Reuter
Rua Anita Garibaldi, nº. 219
CEP 93990-000 - Morro Reuter, RS

4. caso faça sua inscrição pelo correio eletrônico, o concorrente deverá enviar sua ficha de inscrição, totalmente preenchida, e a narrativa em dois arquivos anexos à sua mensagem;

4.1 na narrativa deve constar o título e o pseudônimo do concorrente, sem que haja qualquer registro que possa identificar o autor;

4.2 a mensagem do concorrente, com os textos anexos, deve ser postada até às 22h do dia 01 de outubro de 2013, no seguinte endereço eletrônico:

concursodenarrativas2013@gmail.com

6. Da seleção

A Secretaria Municipal da Educação e Cultura, com a mediação do Programa Entre estrelas e letras, designará a Comissão Avaliadora, para cada uma das categorias. Ela será constituída por 3 (três) especialistas da área da língua e da literatura, escolhidos entre professores, escritores, jornalistas e ilustradores, cuja identidade será mantida em segredo até o momento da publicação dos resultados.

As decisões da Comissão são incontestáveis.

7. Dos critérios

A Comissão julgadora avaliará, de acordo com cada categoria, os seguintes aspectos:

a obediência ao tema;

a obediência à estrutura do texto narrativo;

a presença de um problema a ser resolvido ou de um conflito e a capacidade de manter a curiosidade do leitor, próprios de uma narrativa;

a correção lingüística;

a originalidade e/ou a criatividade;

a expressividade da ilustração, além da obediência ao tema e à estrutura da narrativa, em caso de texto visual.

8. Da divulgação do resultado

O resultado do Concurso será divulgado, publicamente, no dia 25 de outubro, às 19h, durante XX Feira do Livro e da Leitura de Morro Reuter e por meio da imprensa. Os autores selecionados serão comunicados, antecipadamente, por telefone.

9. Da premiação

Os vencedores receberão prêmios distintos, de acordo com sua categoria:
Premiados da categoria Educação Infantil receberão um boneco relacionado com circo e um livro;

Premiados da categoria Alunos do 1º ano do Ensino Fundamental receberão um boneco relacionado com circo e um livro;

Premiados da categoria Alunos do 2º e 3º anos do Ensino Fundamental receberão como prêmio um boneco relacionado com circo e um livro;

Premiados da categoria Alunos do 4º, 5º e 6º anos do Ensino Fundamental receberão como prêmio a participação em uma oficina de circo e um livro;

Premiados da categoria Alunos do 7º, 8º e 9º anos do Ensino Fundamental receberão como prêmio a participação em uma oficina de circo e um livro;

Premiados da categoria Alunos de Ensino Médio receberão como prêmio um livro e uma placa de honra ao mérito;

Premiados da categoria Alunos da EJA receberão com prêmio um livro e uma placa de honra ao mérito;

Premiados da categoria Alunos de cursos de Graduação ou de Pós-Graduação receberão como prêmio um livro e uma placa de honra ao mérito;

Premiados da categoria livre receberão como prêmio um livro e uma placa de honra ao mérito;

Premiados da Categoria escritor receberão como prêmio um livro e uma placa de honra ao mérito;

OBSERVAÇÂO: A data da oficina circense será agendada previamente.

10. Da aceitação do regulamento

A inscrição de uma narrativa neste concurso implica a aceitação integral, pelo concorrente, dos termos do regulamento e seu compromisso com a fidedignidade das informações que vier a transcrever na ficha de inscrição.

11. Das omissões

Casos omissos serão resolvidos pelos coordenadores do Concurso e pela Comissão Avaliadora.

Morro Reuter, 09 de agosto de 2013.

Márcio André Malgarin
Secretário de Educação e Cultura
Juracy Assmann Saraiva
Assessora do programa Entre Estrelas e Letras
Andreia Laux Ternus
Coordenadora local do programa Entre Estrelas e Letras
ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

PREFEITURA MUNICIPAL DE MORRO REUTER
SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA
ENTRE ESTRELAS E LETRAS
Rua Anita Garibaldi, 219 - Centro
Morro Reuter – RS CEP: 93990-000
Fone: (51) 3569-2458
E-mail: concursodenarrativas2013@gmail.com

A magia do circo histórias faz lembrar
 
Ficha de inscrição
 
Nome Completo: ___________________
Pseudônimo: ______________________
Endereço: _____________________________________
____________________________________________
Telefone:______________________________________
Email:________________________________________
Categoria
( ) Alunos de Educação Infantil – 4 e 5 anos;
( ) Alunos do 1º ano do Ensino Fundamental;
( ) Alunos dos 2º e 3º anos do Ensino Fundamental;
( ) Alunos do 4º, 5º e 6º anos do Ensino Fundamental;
( ) Alunos do 7º, 8º e 9º anos do Ensino Fundamental;
( ) Alunos de Ensino Médio;
( ) Alunos da EJA;
( ) Alunos de cursos de Graduação ou de Pós-Graduação;
( ) Categoria livre (nesta, enquadram-se os participantes que, no ato da inscrição, não estiverem frequentando nenhum nível de ensino e que jamais tenham publicado qualquer texto literário por meio de editoras);
( ) Categoria escritor (escritores com obras poéticas ou ficcionais já publicadas em editoras).

Declaro aceitar os termos do Concurso de narrativas A magia do circo histórias faz lembrar
 
Assinatura _____________________________________
 
Local ________________________________________
 
Data ________________________________________

Fonte:
http://www.morroreuter.rs.gov.br/arquivos/downloads/1376403345-Narrativas.pdf

Nenhum comentário:

Autor Anônimo (Oração do Cão Abandonado)

DEUS
Sei que sou um ser criado por ti, para ser amado
pelos homens mas nasci sem a sorte de alguns de minha espécie.

Hoje meu dono levou-me a um passeio de carro.
Chegamos em uma praça, ele tirou minha coleira,
me fez descer do carro, e virando-me as costas,
foi embora e nem se despediu.

Tentei segui-lo mas o carro corria muito e não pude alcançá-lo.
Caí exausto no asfalto. Ainda não entendi. Por que ele me abandonou?

Eu sempre o recebi abanando o rabo, fazia festa e lambia seus pés.
Sempre lati forte, para defendê-lo e afastar os estranhos da porta.

Eu brincava com as crianças... ah! elas me adoravam.
Que saudades. Será que elas ainda se lembram de mim?

Deus, eu fico imaginando como seria bom se eu pudesse
comer agora. Puxa, estou faminto.

Não tenho água para beber, e estou tão cansado.

Procuro um cantinho onde possa me abrigar da chuva,
mas muitas vezes sou chutado.
As pessoas não gostam muito de mim aqui nas ruas.

Estou fraco, não consigo andar muito,
mas encontrei enfim um lugar para passar essa noite.

Está muito frio e o chão está molhado.
Já não tenho pêlo para me aquecer, estou doente,
e creio que ainda hoje vou me encontrar contigo.
Aí no céu meu sofrimento vai terminar.

Peço-vos então, pelos outros, por todos os cãezinhos e animais
abandonados nas ruas, nos parques, nas praças.

Mande-lhes pessoas que deles tenham compaixão,
pois sozinhos, viverão poucos meses, serão atropelados,
sofrerão maltratos dos impiedosos. Proteja-os.

Amenize-lhes esse frio, com o calor das pessoas abençoadas.

Diminua-lhes a fome, tal qual a que sinto, com o alimento do amor que me foi negado.

Sacie-lhes a sede com a água pura dos Seus ensinamentos.

Elimine a dor das doenças, dos maltratados, estirpando a
ignorância do homem.

Tire o sofrimento dos que estão sendo sacrificados em atos
apregoados como religiosos, científicos, tirando das mãos
humanas a sede pelo sangue.

Abrande a tristeza dos que, como eu, foram abandonados,
pois, dentre todos os sofrimentos, esse foi o maior e mais
duro de suportar.

Receba, DEUS, nesta noite gelada, a minha alma, e
minha oração pelos que aqui ficam. É por eles que vos peço,
pois não são humanos, mas são Seus filhos, e são leais e inocentes, e foram criados por Suas mãos e merecem o Seu abrigo.

Amém.

Enviar a pagina em pdf por e-mail

Send articles as PDF to