Singrando Horizontes

Vive muito mais feliz
quem bebe as águas das fontes,
e, também, minh´alma diz,
quem vai Singrando Horizontes !
(Ialmar Pio Schneider - Porto Alegre/RS)

Vai, Singrando Horizontes,
O infinito é a ambição
rumo aos mais distantes montes,
rumo à imaginação!
(Sinclair Pozza Casemiro - Campo Mourão/PR)

Você é a Gralha Poeta
que leva nossa poesia
ao mundo, em que o grande esteta
criou com tanta harmonia!
(Nei Garcez – Curitiba/PR)
Nas artes e na literatura, vão surgindo as classificações didáticas, as separações por faixas etárias, estilos, temáticas etc. Ha professores e alunos no Brasil, que aprendem só isso da produção artística. Decoram nomes, escolas e datas, mas não se embrenham nos livros, preferem o futebol ou o vídeo-game. A Literatura de boa qualidade nos empolga, lemos sem poder largar o livro, as páginas suscitam nossa emoção, respondem ou provocam perguntas.

Sem a Literatura acumulada nos séculos, o ser humano estaria muito mais próximo da animalidade que ainda o caracteriza nas páginas policiais. Em minhas oficinas ninguém gasta muito tempo com aquela americana lista de soft, hard etc. etc. Falamos em cenas que não saem da memória, em emoções que derramam lágrimas, falamos em idéias e como expressa-las com eficiência. Quem entra em um Museu não fica procurando renascentistas, impressionistas, dadaistas, cubistas ou abstracionistas. O espectador inteligente não procura escolas ou datas, procura obras primas. Nossa ambição deve ser a obra-prima.

(André Carneiro)


Fonte da Imagem da Pomba = http://www.senado.gov.br/portaldoservidor/jornal/jornal121/qualidade_vida_paz.aspx

domingo, 26 de julho de 2015

Concursos Literários com Inscrições Abertas

Concursos com Inscrições Abertas
 9º Festival de Sonetos "Chave de Ouro"
Prazo: 30 de setembro de 2015
Objetivo: incentivar a divulgar o Soneto, na sua forma clássica.
1. Poderão participar poetas de todo o país e de paises de Língua Portuguesa, exceto os membros da Academia Jacarehyense de Letras.
2. Prazo das inscrições: 04/07 a 30/09/2015
3. Cada autor, maior de 18 anos, poderá concorrer com até 03 sonetos de sua autoria, em Lingua Portuguesa.
4. As obras deverão ser enviadas para o e-mail: festivalsonetos@hotmail.com   com cópia de segurança para festivalsonetos@gmail.com
5. Necessariamente, deverão ser enviados em dois arquivos, sendo um para a ficha de inscrição (anexo I), devidamente preenchidos e o segundo contendo somente o soneto com o título (sem o nome do autor) e o pseudônimo.
6. Poderão participar os sonetos inéditos e serão considerados para esta finalidade os que não tiverem sido publicados por meio impresso.
7. O autor será responsável pela veracidade das informações prestadas, inclusive sobre a autoria da obra. A Academia Jacareyense de Letras não se responsabiliza por declarações falsas e reserva a si o direito de denunciar plágios.
Comissão Julgadora:
1. Os sonetos serão julgados por professores universitários e poetas, escolhidos a critério da Academia. A classificação será irrevogável e irrecorrível.
2. Serão priorizados os sonetos que se enquadrem: ortografia, gramática, criatividade, métrica, rimas e entonação poética, não necessariamente nesta ordem.
3. Serão desclassificados os trabalhos que contiverem a identificação indevida do autor, preenchimento errôneo da ficha de inscrição ou o não atendimento a qualquer item do regulamento.
Premiação:
1. Os três primeiros colocados serão premiados, em até 30 dias após a data da solenidade, da seguinte forma:
1º lugar: R$ 1.000,00 mais o troféu Chave de Ouro;
2º lugar: R$    800,00 mais o troféu Chave de Prata;
3º lugar: R$    500,00 mais o troféu Chave de Bronze.
2. Haverá 7 Menções Honrosas, que serão premiadas com medalhas.
3. Serão selecionados os 50 melhores sonetos para edição (gratuita) da coletânea do 9º Festival de Sonetos. Cada autor selecionado para participar da coletânea receberá um volume desse livro; os demais concorrentes poderão adquirir o livro. O prazo para publicação da coletânea será em 2016.
4. A data e o local da premiação serão anunciados posteriormente no site:  www.ajletras.com.br
5. Toda e qualquer informação suplementar será divulgada pelo site acima.
                                      FICHA DE INSCRIÇÃO
Nome..................................
Nascimento:
CPF:
País:
Endereço:
E-mail
Telefones:
Breve currículo:
Nome(s) do(s) soneto(s):
Local e data:
Declaração: " Caso o trabalho seja premiado, autorizo desde já a publicação na coletânea e divulgação pela Academia Jacareyense de Letras nos sites e meios de comunicação, preservando os direitos autorais."
                                                  ________________________________
                                                                  Assinatura
X Concurso de Trova da ALAP - Academia de Letras e Artes de Paranapuã/RJ
Prazo: 25 de Outubro de 2015
Regulamento:
  1. Tema: LIVRE.
  1. Categoria: JUVENIL e ADULTO.
  1. Cada candidato poderá concorrer com 03 (três) trovas.
  1. As trovas deverão estar datilografadas e serem inéditas (nunca publicadas ou classificadas em concursos). Observação: 07 (sete) silábicas, sendo a 1ª rimando com a 3ª e a 2ª com a 4ª.
  1. O concorrente deverá enviar 03 (três) cópias de cada trova, sem nome ou pseudônimo, em envelope ofício, contendo outro menor com sua identificação, inclusive um mini currículo. A categoria Juvenil (até 21 anos) deverá informar a data de nascimento.
  1. Período de inscrição: 10 de jullo a 25 de outubro de 2015, prevalecendo data de postagem.
  1. A Comissão Julgadora será composta por membros de renome literário e sua decisão será soberana e irrevogável.
  1. Os trabalhos deverão ser enviados para:
X Concurso de Trova – ALAP
Rua Santa Amélia, nº. 88 / 1011 – Tijuca
CEP: 20260-030
Rio de Janeiro/RJ.
  1. Premiação: Medalhas de Ouro, Prata e Bronze; Menções Especiais e Honrosas. Certificado para todos os participantes.
  1. O resultado e entrega das premiações será no dia 14 de dezembro de 2015, segunda-feira, às 15 horas e 30 minutos, no auditório da FALB/FALARJ, Rua Teixeira de Freitas, nº. 05 / 3º andar - Lapa/RJ   
Rio de Janeiro, RJ, 30 de junho de 2015.
                       Acad. Eliane Mariath Dantas
Presidente
XXVI Concurso de Poesia da  ALAP – Academia de Letras e Artes de Paranapuã/RJ
Prazo: 25 de outubro de 2015
Regulamento:
01- Tema: LIVRE.
02- Categoria: INFANTIL, JUVENIL e ADULTO.
03- Cada candidato poderá concorrer com 01 (uma) poesia.
04- As poesias deverão ser inéditas (nunca publicadas ou classificadas em concursos), datilografadas, com o máximo de 35 (trinta) versos (linhas).
05- O poeta deverá enviar 03 (três) cópias de cada poesia, sem nome ou pseudônimo, em envelope ofício, contendo outro menor com toda sua identificação, inclusive um breve currículo. As categorias: infantil (até 12 anos) e juvenil (até 21 anos) deverão informar a data de nascimento.
06- Período de inscrição: 10 de junho a 25 de outubro de 2015, prevalecendo data de postagem.
07- A Comissão Julgadora será composta por membros de renome literário e sua decisão será soberana e irrevogável.
08- Os trabalhos apresentados não serão devolvidos.
09- Os trabalhos deverão ser enviados para:
XXVI Concurso de Poesia – ALAP
Rua Santa Amélia, nº 88 / 1011 - Tijuca
CEP: 20260-030
Rio de Janeiro/RJ
10- Premiação: Medalha de Ouro, de Prata e Bronze para as 02 (dois) seguintes colocadas; Menções Especiais e Honrosas (p/ todas as categorias). Certificados para todos os participantes.
11- O resultado e entrega das premiações será no dia 14 de dezembro de 2015, às 15 horas e 30 minutos, no auditório da FALB/FALARJ, Rua Teixeira de Freitas, nº 05/ 3º andar – Lapa/RJ.
Rio de Janeiro, RJ, 02 de julho de 2015.
  Acadêmica Eliane Mariath Dantas
Presidente da ALAP
 Concurso de Poesia - Edição 2015 da Editora Brasil Casual
Prazo: 31 de Julho de 2015
Antologia Literária POETE-SE
Realização: Editora Brasil Casual
Apoio Cultural:
Academia Laranjeirense de Letras - ALLE
Associação Internacional Poetas Del Mundo (Consulado sergipano) Movimento Cultural Internacional A Plêiade (Aracaju)
A Coordenação de concursos da Editora Brasil Casual lança nesta data o CONCURSO DE POESIA – Edição 2015, que selecionará os melhores textos, observadas as especificações constantes deste Edital.
O prazo de inscrição para a participação no CONCURSO é até 31 de Julho de 2015, mediante o encaminhamento das obras literárias à Coordenação Geral do Concurso, conforme disposto no item 2 deste Edital.
1 DO OBJETO
1.1. O presente Edital tem como objeto a seleção de obras literárias, na modalidade Poesia, observadas as especificações abaixo, objetivando selecionar e destacar os trabalhos com maiores qualidades literárias.
1.2. A taxa de inscrição é de R$ 10,00 (dez reais) POR CADA 2 TRABALHOS ENVIADOS. O limite por participante é de 4 poesias.
1.3. Os trabalhos terão TEMA LIVRE.
1.4. Os trabalhos NÃO precisam ser inéditos.
2 DAS INSCRIÇÕES
2.1 A inscrição no Concurso dar-se-á mediante encaminhamento das obras literárias ao endereço:
A/C Emerson Maciel Santos
Av. Augusto Franco, 3753. Edifício Lyon 801
Bairro: Ponto Novo
Aracaju – SE CEP: 49047-040
2.2 As inscrições só serão recebidas pelos correios até o prazo estabelecido, considerando, para tanto, a data de postagem dos correios.
2.3 Cada participante poderá inscrever até 4 (quatro) poesias, sendo vedada a participação de coautoria.
2.4 No ato da inscrição, o candidato deverá apresentar, além do comprovante de pagamento da taxa de inscrição (depósito na Caixa Econômica Federal – ag. 2186 conta 1332-3 poupança, em nome de Emerson Maciel Santos, se achar mais prático, poderá ser enviado o valor em espécie em um envelope menor a parte), o trabalho em 3 (três) cópias impressas, na seguinte formatação: papel A4, fonte 12 (arial ou times new roman) com no máximo 30 versos (linhas).
2.5 Os trabalhos deverão ser enviados em envelope grande que deverá conter também um envelope pequeno lacrado e em seu interior uma folha A4 contendo: Nome, Pseudônimo, Data de Nascimento, Endereço Completo, E-mail, Telefones e uma mini-biografia. No Exterior desse envelope menor deve constar apenas:
# Títulos do(s) trabalho(s)
# Pseudônimo do autor
Obs.: As obras não poderão ter identificação de autoria, sendo que no rodapé da página deverá constar apenas o pseudônimo do autor. No exterior do envelope maior pode constar identificação.
2.6 Logo após o certame as obras literárias inscritas não serão devolvidas, sendo incineradas após o encerramento do concurso.
2.7 É de responsabilidade exclusiva do autor inscrito a observância e regularização de toda e qualquer questão relativa a direitos autorais.
3 DA PARTICIPAÇÃO
3.1 O CONCURSO DE POESIA da Editora Brasil Casual - Edição 2015 é de abrangência internacional e aberto a todo escritor que produza em língua portuguesa.
3.2. É vedada a participação dos membros da comissão organizadora e julgadora.
3.3 Os autores deverão ser maiores de 18 anos de idade.
4 DO JULGAMENTO
4.1 Os trabalhos inscritos serão submetidos, para análise e julgamento, à Comissão Julgadora constituída por pessoas com reconhecida capacidade intelectual, cuja decisão será soberana, não cabendo qualquer recurso quanto aos resultados por ela apontados.
4.2 Os nomes dos integrantes da Comissão Julgadora serão revelados somente na data da divulgação dos resultados.
4.3 Os textos serão julgados com base nos critérios de criatividade, qualidade técnica do texto, poeticidade e domínio da língua portuguesa.
4.4 A Comissão Julgadora poderá, a seu critério, conceder Menção Honrosa.
4.5 O resultado do Concurso será divulgado nos endereços eletrônicos: www.emersonmaciel.com.br e www.editorabrasilcasual.com
4.6 Os autores classificados serão contatados através de correspondência pessoal.
5 DA PREMIAÇÃO
5.1 A premiação será de:
1º prêmio: Kit Literário contendo Livros + Participação gratuita na Antologia Literária POETE-SE + 3 livros da referida Antologia + Certificado;
2º prêmio: Participação Gratuita na Antologia Literária POETE-SE + 2 Livros da referida Antologia + Certificado;
3º prêmio: Participação gratuita na Antologia Literária POETE-SE + 1 Livro da referida Antologia + Certificado.
Obs.: Em caráter NÃO obrigatório os vencedores poderão adquirir mais exemplares da Antologia.
5.2 Menções Honrosas: Certificado + Convite de participação da Antologia Literária POETE-SE.
6 DOS DIREITOS E OBRIGAÇÕES
6.1 Aos Autores será assegurado o reconhecimento dos direitos autorais dos trabalhos premiados, atendendo às especificações contidas no item 6.2 deste Edital, permanecendo proprietário (a) de seus direitos para quaisquer outros usos que não os aqui especificados;
6.2 Os autores, ao se inscreverem no presente concurso, concordam com a cedência de nome e imagem à Editora Brasil Casual para fins promocionais deste certame.
6.3 À Comissão Organizadora compete promover a divulgação deste Edital nos meios de comunicação e nos endereços eletrônicos www.emersonmaciel.com.br ewww.editorabrasilcasual.com e publicar os resultados dos textos selecionados pela Comissão Julgadora, de acordo com as especificações constantes neste Edital.
7 DAS DISPOSIÇÕES FINAIS
7.1 O ato de inscrição implica no conhecimento e concordância com os termos do Concurso estabelecidos no presente Edital, sendo que os casos omissos serão decididos pela Comissão Organizadora.
7.2 Eventuais pedidos de esclarecimento deverão ser encaminhados ao endereço eletrônico editorabrasilcasual@gmail.com ou por telefone: (79) 9900-1218 (vivo), 9148-0461 (TIM).
7.3 O descumprimento das obrigações e regras constantes do presente Edital, pelos participantes, implicará na eliminação imediata desses do certame.
Aracaju, SE 05 de Janeiro de 2014
Emerson Maciel Santos
Luciana Novais Maciel
XLIII  Jogos Florais de Niterói - 2015
Prazo: 15 de Agosto de 2015
A/C  DE ALBA HELENA CORRÊA
Rua Miguel de Frias, 48, aptº 1101 – Icaraí
Niterói-RJ   Cep 24.220-002
TEMAS: (todos líricos/filosóficos)
Âmbito Nacional/Internacional  (Veteranos) = PINGO
Âmbito Nacional/Internacional (Novo Trovador) = PRAIA
Âmbito Estadual (residentes no Estado do Rio de Janeiro) = AREIA
Sistema de Envelopes (vide orientações ao final)
Máximo de 03 (três)  trovas, inéditas,  por autor
Utilizar como remetente: “Luiz Otávio”
Obrigatório o uso da palavra-tema na trova.
Inscrições até 15/08/2015
OBS: Considera-se Novo Trovador aquele que ainda não obteve três classificações em concurso de âmbito nacional em trovas líricas/filosóficas.
Prêmio de Trovas, Poesia e Prosa Capistrano de Abreu/2015
Prazo: 30 de Agosto de 2015
Promoção: UBT-Maranguape [ubt.mpe@gmail.com]
Academia de Ciências, Letras e Artes de Columinjuba – ACLA
Fundação Viva Maranguape de Turismo, Esporte e Cultura – FITEC Coordenação da Juventude – Prefeitura Muncipal de Maranguape Secretaria de Educação de Maranguape Rotary Club
Programa Brasil Trovador - Rádio Maranguape FM [www.maranguapefm.com.br]
REGULAMENTO
1. ÂMBITO: Nacional/internacional, Estadual e Municipal.
2. REQUISITOS: Poesia, trova, prosa ou redação inédita onde conste o tema – homenagem ao Historiador Capistrano de Abreu, pela passagem dos 160 anos de seu nascimento, ocorrido em 23 de outubro de 1853 em Maranguape/Ceará, Patrono Emérito da Academia de Ciências Letras e Artes de Columinjuba – ACLA, devendo constar no texto referências (o nome) a Capistrano de Abreu e a Maranguape, terra natal do historiador, nas seguintes modalidades/categorias:
2A) Prosa – mini conto, artigo, crônica ou outro estilo de prosa – com o tema Maranguape de Capistrano de Abreu, devendo o tema constar no trabalho e não exceder a duas paginas A4, fonte Times new roman, tamanho 11, sem divisão em colunas. As prosas devem ser enviadas para o e-mail ubt.mpe@gmail.com
2B) Cordel (até 24 estrofes), sextilha, septilha, oitava, décima, glosa ou outro gênero de poesia popular. Os trabalhos desta categoria devem ser enviadas para o e-mail ubt.mpe@gmail.com
2C) Poesia – Poesia em trovas, poesia em quadras, acróstico, haicai, terceto, soneto, poema, poesia livre ou outro estilo de poesia (clássica). As poesias devem ser enviadas para o e-mail ubt.mpe@gmail.com
2D) Trova - uma trova por tema – (Sistema de envelopes - para novos trovadores e veteranos – Nacional/Internacional, estadual e municipal), em língua portuguesa objetivando homenagear ao historiador Capistrano de Abreu, constando na trova o tema:
i) “Capistrano de Abreu” [uma trova Lírica/filosófica (L/F)];
ii) “Maranguape” [uma trova Lírica/filosófica (L/F)];
Registrar nas trovas se é NOVATO (NOVO TROVADOR) abaixo da trova, de acordo com a orientação da UBT-Nacional. O não registro como NOVATO ensejará a concorrer como Veterano. As trovas devem ser enviadas exclusivamente pelo sistema de envelopes.
Será considerado Novato aquele trovador que não obteve até a divulgação deste regulamento 03 (três) classificações (vencedor, menção honrosa ou menção especial) em concursos de trovas oficiais da UBT em nível nacional.
3) LIMITES: Um trabalho por concorrente, para cada categoria/gênero ou tema de trova (2A, 2B, 2C e 2D). O concorrente poderá participar em todas as categorias.
4) ENDEREÇO PARA REMESSA DOS TRABALHOS:
Para prosa, poesia e cordel [2A, 2B, 2C] - Por e-mail para o endereço eletrônico: ubt.mpe@gmail.com  indicando
o nome e endereço completo do autor. Se estudante indicar também o nome da escola, série/turma.
As prosas, poesias, ou cordel podem ser enviadas no próprio corpo do e-mail ou em arquivo anexo extensão doc.
Para Trovas [2D] – Exclusivamente pelo sistema de envelopes para o endereço:
Prêmio de Trovas Capistrano de Abreu
A/C Moreira Lopes
Rua Major Agostinho, 558 – Centro
61.940.090 – MARANGUAPE/CE
Remetente: Luiz Otávio
5) PRAZO PARA REMESSA: Até 30 de agosto de 2015.
6) CLASSIFICAÇÕES: 3 Trabalhos vencedores [1º ao 3º] / 3 menções honrosas [4º ao 6º], 4 menções especiais [7º ao 9º], para cada uma das categorias/gêneros especificados nos itens 2A, 2B, 2C e 2D.
7) Prêmios: Troféu para o classificado em 1º lugar em cada categoria - 2A, 2B, 2C e 2D. Em Trovas – Nacional/Internacional – Novo Trovador e Veterano, Estadual e Municipal. Os troféus e diplomas e possível edição de livros serão custeados pela FITEC e Coordenação de Juventude da Prefeitura Municipal de Maranguape. A premiação está prevista para ocorrer na Semana de Capistrano de Abreu [19 a 24.10.2015], em data e local a serem confirmados.
8) JULGAMENTO: A UBT-Maranguape, a ACLA e Conselho de UBTs do Ceará e formarão as comissões julgadora e apuradora do concurso e suas decisões serão irrevogáveis.
9. A simples participação no concurso autoriza a publicação dos trabalhos não eliminados pelas comissões julgadora e apuradora, inclusive livros, em jornais ou informativos das Academias e da UBT-Maranguape, nas escolas. Os trabalhos não serão devolvidos.
Maranguape, CE, em 31 de maio de 2015
Fco José M. Lopes (Dedé Lopes) - Presidente da UBT-MARANGUAPE/ACLA e Coordenador Geral do Concurso.
Isla Márcia Vidal – Coordenadora de Juventude da Prefeitura de Maranguape.
Kilmer Rodrigues – Presidente da FITEC
José Eliomar Nunes Costa - Secretário de Educação de Maranguape
Dejarino Santos Filho – Rotary Club
Concurso de Trovas do Clube dos Trovadores Capixabas – 2015
Prazo: 01 de Setembro de 2015
Municipal, Estadual e Nacional:
Tema: MUDANÇA (a livre arbítrio: Humorísticas, Líricas ou Filosóficas).
ESTUDANTIL E INICIANTE (equivale ao "Novo Trovador"), Municipal, Nacional e Estadual:
Tema: PÁTRIA (Lírica e filosóficas).
Prazo:Trovas chegadas, impreterivelmente, até o dia 01/ 09 / 2015.
Máximo: Até 03 (Três) Trovas por concorrente.
Remessa em envelope pequeno com identificação em seu interior.
 A/C do Trovador Clério José Borges,
Rua dos Pombos, 2 – Eurico Salles, Carapina,
Serra, ES. CEP – 29 160 – 280.
Destinatário - colocar Luiz Otávio e repetir o endereço do concurso.
ENTREGA DE PRÊMIOS E DIPLOMAS PARA TODOS OS VENCEDORES NO DIA 02 DE OUTUBRO COM INÍCIO AS 18 HORAS SESSÃO SOLENE NA CÂMARA MUNICIPAL DE VITÓRIA,  CAPITAL DO ESPÍRITO SANTO.
II Concurso de Trovas de Campos do Jordão 
(apenas para trovadores residentes no Estado de São Paulo)
Prazo: 31 de Julho de 2015
Enviar para:
Biblioteca Municipal Prof. Harry Mauritz Lewin
Rua Altino Arantes, 80 – Abernéssia
Campos do Jordão-SP  Cep  12.460-000
Tema: INVERNO
Sistema de Envelopes
Máximo de duas trovas, inéditas,  por autor
Utilizar como remetente: “Luiz Otávio”
Obrigatório o uso da palavra-tema na trova.
Inscrições até 31 de julho de 2015 (valendo carimbo dos correios)
I Jogos Florais da Seção São Gonçalo/RJ
Prazo: 8 de Agosto de 2015
Âmbito Estadual (só para Trovadores do Rio de Janeiro)
Enviar a/c Levi Alucinação
Rua Nova Lisboa, 34 Q8 – Raul Veiga
CEP. 24740-270
São Gonçalo/RJ
Veteranos e Novo Trovador
Tema: Rosa  (Lirica/filosófica)
Máximo de 2 Trovas
Sistema de envelopes. Colocar o tema do concurso no alto do envelope pequeno.
Dentro dele nome, endereço completo, e-mail, telefone e assinatura.
Remetente Luiz Otávio
XII Jogos Florais de Cantagalo - 2016
Prazo: até 30 de setembro de 2015

Temas exigidos na trova:
 Nacional: Afeto
Novo Trovador: Afeição 
(escrever no envelopinho, abaixo da trova: "NOVO TROVADOR")
Estadual: Sorriso
Humor (Veteranos e Novos juntos): Abraço
Duas trovas por concorrente.
Prazo: até 30 de setembro
Imprescindível:  um e-mail para contato
Enviar para 
Rua Dr. Nagib Jorge Farah, 204
CEP. 28.500-000
Cantagalo/RJ

Nenhum comentário:

Autor Anônimo (Oração do Cão Abandonado)

DEUS
Sei que sou um ser criado por ti, para ser amado
pelos homens mas nasci sem a sorte de alguns de minha espécie.

Hoje meu dono levou-me a um passeio de carro.
Chegamos em uma praça, ele tirou minha coleira,
me fez descer do carro, e virando-me as costas,
foi embora e nem se despediu.

Tentei segui-lo mas o carro corria muito e não pude alcançá-lo.
Caí exausto no asfalto. Ainda não entendi. Por que ele me abandonou?

Eu sempre o recebi abanando o rabo, fazia festa e lambia seus pés.
Sempre lati forte, para defendê-lo e afastar os estranhos da porta.

Eu brincava com as crianças... ah! elas me adoravam.
Que saudades. Será que elas ainda se lembram de mim?

Deus, eu fico imaginando como seria bom se eu pudesse
comer agora. Puxa, estou faminto.

Não tenho água para beber, e estou tão cansado.

Procuro um cantinho onde possa me abrigar da chuva,
mas muitas vezes sou chutado.
As pessoas não gostam muito de mim aqui nas ruas.

Estou fraco, não consigo andar muito,
mas encontrei enfim um lugar para passar essa noite.

Está muito frio e o chão está molhado.
Já não tenho pêlo para me aquecer, estou doente,
e creio que ainda hoje vou me encontrar contigo.
Aí no céu meu sofrimento vai terminar.

Peço-vos então, pelos outros, por todos os cãezinhos e animais
abandonados nas ruas, nos parques, nas praças.

Mande-lhes pessoas que deles tenham compaixão,
pois sozinhos, viverão poucos meses, serão atropelados,
sofrerão maltratos dos impiedosos. Proteja-os.

Amenize-lhes esse frio, com o calor das pessoas abençoadas.

Diminua-lhes a fome, tal qual a que sinto, com o alimento do amor que me foi negado.

Sacie-lhes a sede com a água pura dos Seus ensinamentos.

Elimine a dor das doenças, dos maltratados, estirpando a
ignorância do homem.

Tire o sofrimento dos que estão sendo sacrificados em atos
apregoados como religiosos, científicos, tirando das mãos
humanas a sede pelo sangue.

Abrande a tristeza dos que, como eu, foram abandonados,
pois, dentre todos os sofrimentos, esse foi o maior e mais
duro de suportar.

Receba, DEUS, nesta noite gelada, a minha alma, e
minha oração pelos que aqui ficam. É por eles que vos peço,
pois não são humanos, mas são Seus filhos, e são leais e inocentes, e foram criados por Suas mãos e merecem o Seu abrigo.

Amém.

Enviar a pagina em pdf por e-mail

Send articles as PDF to