Singrando Horizontes

Vive muito mais feliz
quem bebe as águas das fontes,
e, também, minh´alma diz,
quem vai Singrando Horizontes !
(Ialmar Pio Schneider - Porto Alegre/RS)

Vai, Singrando Horizontes,
O infinito é a ambição
rumo aos mais distantes montes,
rumo à imaginação!
(Sinclair Pozza Casemiro - Campo Mourão/PR)

Você é a Gralha Poeta
que leva nossa poesia
ao mundo, em que o grande esteta
criou com tanta harmonia!
(Nei Garcez – Curitiba/PR)
Nas artes e na literatura, vão surgindo as classificações didáticas, as separações por faixas etárias, estilos, temáticas etc. Ha professores e alunos no Brasil, que aprendem só isso da produção artística. Decoram nomes, escolas e datas, mas não se embrenham nos livros, preferem o futebol ou o vídeo-game. A Literatura de boa qualidade nos empolga, lemos sem poder largar o livro, as páginas suscitam nossa emoção, respondem ou provocam perguntas.

Sem a Literatura acumulada nos séculos, o ser humano estaria muito mais próximo da animalidade que ainda o caracteriza nas páginas policiais. Em minhas oficinas ninguém gasta muito tempo com aquela americana lista de soft, hard etc. etc. Falamos em cenas que não saem da memória, em emoções que derramam lágrimas, falamos em idéias e como expressa-las com eficiência. Quem entra em um Museu não fica procurando renascentistas, impressionistas, dadaistas, cubistas ou abstracionistas. O espectador inteligente não procura escolas ou datas, procura obras primas. Nossa ambição deve ser a obra-prima.

(André Carneiro)


Fonte da Imagem da Pomba = http://www.senado.gov.br/portaldoservidor/jornal/jornal121/qualidade_vida_paz.aspx

domingo, 24 de agosto de 2008

Rio Grande do Sul em Trovas

(id: MCCXXX)

Era uma cena tão linda,
cheia de plantas e flores,
e nessa beleza infinda
brilhava com muitas cores!
Alexandre Amaral Trindade (12 anos)

Saudade, grande saudade
daquele alguém especial,
da nossa felicidade
que teve um doce final!
Alexandre Amaral Trindade (12 anos)

O mar... A praia... Saudade!
Lindas ondas relembrando,
me trazem felicidade
e eu continuo sonhando!
Alexandre Amaral Trindade (12 anos)

Mamãe é uma linda flor,
toda cheia de ternura,
ela me enche de amor,
com sua alma linda e pura!
Alessandro Deickel Trindade (9 anos)

Quando a vida tiver fim
hei de sempre ser lembrado
pois deixo um pouco de mim
em cada órgão doado.
Alice Cristina Velho Brandão

Cada gotinha de orvalho,
sorvida por uma flor,
revela, de galho em galho,
uma "promessa" de amor...
Amália Marie Gerda Bornheim

Se a velhice, queres, calma,
e prazer em tua lida,
a primavera põe n’alma
junto ao inverno da vida!
Anita Gonzáles

Meu amor vive distante,
lá do outro lado do mar.
A saudade,a todo instante,
é que vem me visitar!
Antônia Nery

Voa, sim, gaivota, voa,
vai contar ao meu amor
que vivo chorando à toa
tão grande é a minha dor!
Antônia Nery

Perdida no teu abraço
esqueço o mundo lá fora,
flutuo em tempo e espaço,
para mim só existe o agora!
Antônia Nery

Saudade tem um jeitinho
que comove e faz sofrer.
Chega sempre de mansinho,
não depende do querer.
Antonia Viana Machado

Precisamos entender
a vontade do senhor.
Quão importante é crescer,
em nosso mundo interior!
Antonio Nely Fardo

Quanta família sofrida!...
Quanto jovem se destrói!
- as drogas, ceifando a vida,
é uma verdade que dói!
Antonio Vogel Spanemberg

A dor que mais dói na gente
é ver um sonho desfeito,
o coração de repente
parece estourar o peito.
Arlete Sacramento

Chamam-me velho, nem ligo.
Vejam só minha atitude:
olhando meus filhos, digo:
-alí vou com juventude.
Arlete Sacramento

Os ventos de meus caminhos
são tristes recordações,
levaram tantos carinhos,
deixaram mil ilusões...
Arlete Sacramento

A minha alma renasceu
num renascer de emoção!
A alegria não morreu,
vive no meu coração!
Átila Amaral Trindade

Apesar dos meus pesares,
ainda tenho confiança,
de cantar, nos meus cantares,
as notas de uma esperança!
Beatriz Castro

Ternura bateu-me à porta,
com simplicidade entrou
e aquela ilusão já morta,
aos poucos , ressucitou!
Beatriz Castro

Eu queria ser feliz,
Deus me deu sabedoria.
Era um simples aprendiz,
virei mestre da alegria.
Carmen Pio

Esta tão bela amizade,
cheia de recordações,
nos envolve de saudade,
sempre em nossos corações.
Carmen Pio

No caminho desta vida,
amparado nas lembranças,
é você filha querida,
que me faz ter esperanças.
Carmen Pio

A sabedoria alenta,
é o pilar do renascer,
é coluna que sustenta,
nos ensinando a viver.
Carmen Pio

O caminho me fascina,
as lembranças me sustentam,
a saudade me ilumina,
e as emoções só aumentam.
Carmen Pio

Teu caminho foi tão belo,
de virtudes tua vida,
teu gesto sempre singelo,
enobrece tua partida.
Carmen Pio

Sabedoria é serena,
engrandece nossa alma,
deixa a vida mais amena,
tranqüila, dócil e calma.
Carmen Pio

Buscar a sabedoria,
é um ato virtuoso,
é o caminho e é o guia,
para um mundo harmonioso.
Carmen Pio

Sabedoria é a fonte,
de toda a felicidade,
faça dela sua ponte,
de encontro com a humanidade.
Carmen Pio

No silêncio da saudade,
todo envolto de magia,
clamo por felicidade,
chega triste nostalgia.
Carmen Pio

Ó bairro que me inspirou
com sua paz e harmonia.
E a Deus Pai me elevou
com sua oculta magia.
Carmen Pio

Encantada com a beleza
deste rio, belo espelho,
eu me integro à natureza,
coberta de sol vermelho.
Carmen Pio

Uma doce intuição,
explode dentro do peito.
E uma mais linda emoção,
acontece no meu leito.
Carmen Pio

A rima é como balanço,
das águas verdes do mar,
é harmonia que alcanço,
na beleza do trovar.
Carmen Pio

Sonhei em ser bela trova.
Acordei ao lado teu.
Nosso doce amor comprova,
a vida é você e eu.
Carmen Pio

Tive a honra de ingressar,
Na confraria do amor,
Com meus irmãos exaltar,
A trova com muito ardor.
Carmen Pio


Tudo aquilo que foi dito
poderá ser reparado,
mas o que ficou escrito
não pode mais ser mudado.
Cássia Luísa Bolson

Sopra, ó vento, as nuvens rasas,
pelo verde pampa em flor,
transportando em tuas asas,
meu sonho de trovador!
Cláudio Derli

Mãos que ajudam... Mãos seguras,
contra a fome e contra a dor,
formam elos de ternuras
numa corrente de amor!
Cláudio Derli

Comparo o viver sozinho
e, que muita gente tem,
à tristeza de um caminho
onde não passa ninguém.
Conrado da Rosa

Quando acode aos meus apelos,
faz o tempo rodopiar.
Traz a noite nos cabelos,
a madrugada no olhar.
Conrado da Rosa

Eu sempre te quis pra mim
mas nunca soube dizer,
que te amava tanto assim,
por isso vivo a sofrer!
Dalvina Fagundes Ebling

Olho o céu, olho o infinito,
e relembro minha andança,
lembro o momento bonito
do meu tempo de criança!
Dalvina Fagundes Ebling

Beber sorrisos de aurora,
sentir tristezas de ocaso,
é transformar nosso agora
na beleza de um parnaso!
Delcy Canalles

Eu vejo deus na magia
dos versos simples que teço
deus é rima, amor, poesia,
é fim, é meio, é começo!
Delcy Canalles

A manhã sorri contente,
ante a beleza da aurora
e tem pena do poente
que, à tardinha, triste, chora!
Delcy Canalles

Cavalgando o "minuano"
eu sigo, em frente, risonho,
sou tropeirista aragano,
que monta o vento do sonho!
Delcy Canalles

Sem amor, envelheci,
hoje é que vejo, sentida,
que em verdade eu não vivi,
pois sem amor, não há vida!
Delcy Canalles

Cavalgando a fantasia
eu sigo, em frente, risonho.
Ponho no céu da poesia
todo o luar do meu sonho!
Delcy Canalles

A frágil rosa em seu galho
depois que o vento passou,
desfolhou-se sobre o orvalho
que a madrugada deixou!
Doralice Gomes da Rosa

À tardinha, o sol já posto,
com arabescos tristonhos,
vai desenhando teu rosto
na vidraça dos meus sonhos!
Doralice Gomes da Rosa

Sinto em cada trova escrita
que a saudade amarelou,
a lembrança mais bonita,
que tua ausência deixou!
Doralice Gomes da Rosa

Teus olhos trazem mensagem
de luz, de amor e carinho...
São dois fachos de coragem
brilhando no meu caminho.
Doralice Gomes da Rosa

Sonhei, em loucos desejos,
ser um beija-flor colosso,
fechando um colar de beijos
na curva do teu pescoço.
Doralice Gomes da Rosa

O sol e a lua se amaram
às escondidas, ao léu.
Tempos depois despontaram
milhões de estrelas no céu.
Doralice Gomes da Rosa

Este amor que nós vivemos
se eterniza a cada hora,
tanto que nos esquecemos
que existe um mundo lá fora...
Doralice Gomes da Rosa

Se o ódio promove a guerra,
se a esperança se desfaz,
que do amor que ainda há na terra,
brotem cascatas de paz!
Éderson Juliano Savi Pauletti

Se o infinito profundo
cabe inteiro no meu "eu",
bem menor é o vasto mundo
que o desejo de ser teu!
Eldo Ivo Klain

Amizade é como a rosa,
cultivada com ardor.
Continuará mais formosa,
se regada com amor.
Elisabete Beatriz de Lima Scholz

Um beijo roubado às pressas
e de forma singular
pode aguçar as promessas
e dar foto ao pé do altar...
Eloy de Oliveira Fardo

Em ternura plena e extrema,
nossos sonhos se cruzaram!
E a noite se fez poema...
E os versos também se amaram!...
Flávio Roberto Stefani

De manhã, sugando amores,
nesses teus lábios de paz,
provo todos os sabores,
nos sabores que me dás.
Flávio Roberto Stefani

Pela magia do vento,
que leva a semente ao léu,
elevo meu pensamento,
para as lavouras do céu!
Flávio Roberto Stefani

Meu senhor, quero sentir,
de uma forma singular,
a coragem de sorrir,
quando o dia é de chorar.
Flávio Roberto Stefani

Quando a tristeza me alcança,
vencido pelos cansaços,
iço a vela da esperança,
rumo ao porto dos teus braços.
Flávio Roberto Stefani

Mágoas são queixas que a gente,
sem querer, pelas jornadas,
deixa escorrer lentamente
no rosto das madrugadas.
Flávio Roberto Stefani

Meia luz... Noite... A vidraça...
A cama... Beijo... E depois...
Um brinde... O champanhe... A taça...
O amor... O sonho... Nós dois...
Flávio Roberto Stefani

Sou feliz por um segundo
quando o amor encurta espaços
e a fronteira do meu mundo
toma a forma dos teus braços!
Gerson César Souza

Por ter deus que me socorre,
ante a dor, não perco a calma:
a fé é o sangue que corre
pelas veias de minha alma!
Gerson César Souza

Um exemplo que dá gosto
e vontade de viver
é o sol que depois de posto
sempre volta a renascer.
Gerson César Souza

Deus fez todo o universo
criou os mares e as flores,
e para compor seu verso
deu a rima aos trovadores!
Gisele Bueno Pinto

Se nada existir na vida,
se até o sonho fugir,
hei de encontrar-te, querida,
na hora de ressurgir!
Gisele Bueno Pinto

Só quero ter nesta vida
ombro amigo e peito irmão,
anatomia querida
em forma de coração!
Gisele Bueno Pinto

Quero cantar pelo espaço
e, nas estrelas, rever
todas as trovas que eu faço.
Trova é prece em meu viver!
Gislaine Canales

Vivemos juntos, mas sós,
nossa solidão somada,
fez de ti, de mim, de nós,
a soma triste do nada!
Gislaine Canales

Sozinhas nas madrugadas,
donas do mundo e da lua,
nossas mãos entrelaçadas
seguem juntas pela rua!
Gislaine Canales

A mistura de mil cores
e toda a luz do universo,
mais o perfume das flores,
desejo pôr no meu verso!
Gislaine Canales

O sol dourado se espraia
tão lindo com seu calor,
por toda a areia da praia
em doces beijos de amor!
Gislaine Canales

A minha vida é uma trova,
trova de ilusão perdida,
pois a vida é grande prova,
que prova a trova da vida!
Gislaine Canales

Eu quero poder cantar
meus versos aos quatro cantos,
talvez possa transformar
em risos, todos os prantos
Gislaine Canales

Da vida o mais doce encanto
é recordar na velhice,
o maternal acalanto
dos dias da meninice.
Hugo Ramirez

Bebendo o mel dos afagos
das prendas de que sou rei,
sou monarca destes pagos,
onde livre me criei...
Hugo Ramirez

Ai ! Que seria da gente,
neste mundo de amargura,
sem o bálsamo clemente
que nos oferta a ternura!
Hugo Ramirez

Ah, se eu pudesse voltar,
aos tempos de antigamente!
Não teria em meu olhar
esta angústia tão presente!
Irene Canalles

Eu amava tanto...tanto...
Que meu coração cansou.
Hoje vivo do acalanto
que aquele amor me deixou.
Irene Canalles

Meu passado foi um sonho,
e tudo que já passou,
reflete em meu ser tristonho
a saudade que ficou!
Irene Canalles

Fiz um castelo de areia
naquela duna branquinha,
veio o vento e a maré cheia,
levaram tudo que eu tinha!
Irene Canalles

Teus olhos, linda gaúcha,
são flechas de poesia,
paixão real que me puxa
num breve toque-magia.
Israel Lopes

Na rocha em contínuas rondas,
a noite, o farol reluz,
ao refletir sobre as ondas
grandes pingentes de luz!
Ivan Soares Schettert

Mãe é a grande fortaleza,
plena de amor e emoção!
a mais bela realeza
que te ampara na aflição!
Ivani de Souza

Amigo é preciosidade
fazê-lo é grande ciência,
a beleza da amizade
é o novo sol da existência!
João de Souza Machado

Ao sentir a alma perdida
na procura da esperança,
há momentos nessa vida
em que sonho ser criança!
José Westphalen Correa

A visão que me produz
um vaga -lume na altura,
me lembra um pingo de luz
brilhando na noite escura...
Lacy José Raymundi

Minha memória procura,
nos armazéns da lembrança,
os fardos de travessura,
dos bons tempos de criança!...
Lacy José Raymundi

A seca se foi embora,
a chuva do céu derrama
e eu juro que ouvi, lá fora,
as gargalhadas da grama!
Lacy José Raymundi

Foi na ânsia de alcançar
um porvir doce e risonho,
que olvidei de alicerçar
as escadas do meu sonho!
Lisete Johnson Oliveira

Perdão...as ondas pediam
para as areias do mar,
que em volúpia se despiam
com o incessante beijar!
Lisete Johnson Oliveira

Enquanto houver um luar
e um sol, cheio de esplendor,
há de se ouvir o cantar
da lira de um trovador.
Lisete Johnson Oliveira

Pulsa tanto neste peito,
um coração tão febril,
quando mira o vago leito
com sombras do teu perfil!
Lisete Johnson Oliveira

Nosso amor inconfessado,
tão silencioso e prudente,
foi desejo refreado,
foi luz de estrela cadente.
Lisete Johnson Oliveira

Inconstância é estar contigo,
tudo tem duplo valor;
busco o amor, encontro o amigo,
busco o amigo, encontro o amor...
Lisete Johnson Oliveira

Às vezes, doces sonatas,
noutras, preces de louvor;
sempre belas serenatas
tuas confissões de amor!
Lisete Johnson Oliveira

Nas lembranças do passado
tantos sonhos eu gravei,
hoje, releio apressado
as mensagens que arquivei.
Luiz Damo

Estes brinquedos guardados
reduzem qualquer distância,
pois são eles, empoeirados,
que eternizam minha infância.
Luiz Machado Stabile

Quando não puder bater,
em teu peito o coração,
salva a vida de outro ser
na sublime doação.
Lydia Lauer

Na trajetória da vida
às vezes, fico tristonho,
depois encontro guarida,
porque sou filho de um sonho!
Manoela Ajalla Paz

Pela fé, seguir o rumo
da paz que nos fortalece,
é simplesmente em resumo,
amor em forma de prece...
Maria Cardoso Zurlo

Neste mundo de violência,
tem a criança um porvir,
porque deus, pai da existência,
faz sempre a rosa se abrir!
Maria Dorneles

Silêncio, a alma liberta
voando na imensidão,
encontra uma porta aberta
à sublime inspiração!
Maria Dorneles

Este amor adormecido
foi, de repente, acordar,
descompassado e perdido,
na dança do teu olhar.
Maria Dorneles

Vôo nas asas do vento
por rumos desconhecidos
e, nesse voar, eu tento,
achar mil sonhos perdidos.
Maria Helena Binelli Catan

Chegou num jeito sem jeito
de bombacha, bota e espora,
fez morada no meu peito
e nunca mais foi embora.
Maria Pampin

São teus beijos, a magia,
que me acalma e alimenta,
trazem luz, muita alegria
se uma nuvem atormenta.
Marilene Bueno da Silveira

Numa vida com agruras,
se a magia fortalece,
nossos filhos são canduras
– e os netos? – são nossa prece!
Marilene Bueno da Silveira

Renovemos nossos dias
com muita dedicação,
transformando em alegrias
as dores do coração!
Marilene Bueno da Silveira

Quando o "minuano" assobia,
rasgando o espaço, imponente,
é um vendaval de poesia,
soprando na alma da gente!
Marisa Vieira Olivaes

Não há vazio mais triste,
nada mais à alma fala
do que o silêncio que existe,
quando a voz do amor se cala!...
Marisa Vieira Olivaes

A lua, cantada em verso,
o sol, ardente e fecundo,
são luzeiros do universo,
clareando os pagos do mundo!
Marisa Vieira Olivaes

Quando as luzes se apagarem
e a terra, em fendas, se abrir,
se dois corações restarem,
a vida há de ressurgir!
Marisa Vieira Olivaes

De lembranças vou vivendo
abraçada à solidão...
- e a saudade... Vou moendo
na usina do coração!...
Marisa Vieira Olivaes

Um cenário de magia
surge aos versos que componho:
- um reator de poesia
na imensa usina do sonho!
Marisa Vieira Olivaes

Na altivez com que te portas
desdenhando o meu carinho,
transformas em linhas tortas
as retas do meu caminho...!
Marisa Vieira Olivaes

As poças d’água da rua
brincam de espelho quebrado,
há, em cada poça, uma lua,
e um belo céu estrelado!
Marlê Beatriz Araújo

Peço ao vento cirandeiro
das madrugadas de outono,
que seja o meu seresteiro,
mas que não me roube o sono!
Marlê Beatriz Araújo

É na ciranda das horas
que passam todas as juras
passam também as demoras
e até mesmo as amarguras!
Marlê Beatriz Araújo

Do sonho surgiu a trova
que, perspicaz, nos conduz,
a vida que se renova
em rimas, plenas de luz!
Marlê Beatriz Araújo

Há, na beleza selvagem
que a cascata canta, em festa,
emocionante mensagem
de quem criou a floresta!
Marlê Beatriz Araújo

Bendigo essa luz que um dia
em minha estrada brilhou,
e resgatou a alegria
que o tempo quase apagou.
Marlê Beatriz Araújo

Tem sabor de eternidade
esta saudade atrevida,
quando se instala, à vontade,
na história da minha vida.
Marlê Beatriz Araújo

Contigo sempre reparto
este amor que não termina:
é na penumbra do quarto
que o nosso amor se ilumina.
Milton Sebastião Souza

Quando qualquer luz se acende
faz a vida ressurgir.
A própria sombra depende
de uma luz para existir.
Milton Sebastião Souza

Mesmo estando atarefado,
de dois vícios eu não largo:
do teu beijo adocicado
e o chimarrão sempre amargo.
Milton Sebastião Souza

Esta minha alma indecisa
não consegue se aquietar:
mal um sonho realiza,
outro sonho quer buscar...
Milton Sebastião Souza

A luz da estrela, em fulgores,
vence o universo profundo
eenchendo o espaço de cores
enfeita as noites do mundo...
Milton Sebastião Souza

Mal termina a serenata
um silêncio sorrateiro
derrama gotas de prata
no rosto do seresteiro...
Milton Sebastião Souza

O pai, virando um brinquedo
nas mãos do filho petiz
vai lapidando, em segredo,
o adolescente feliz!
Milton Sebastião Souza

Felicidade, na vida,
quem sabe, mal comparando,
é como a chuva caída
que vai e acaba voltando.
Nelson Fachinelli

Eu que vivi de poesia
quando eu morrer, por favor:
-quero festa de alegria,
sem uma lágrima ou dor.
Nelson Fachinelli

Conhecendo bem o mundo,
aconselho a mocidade:
fazer, de cada segundo,
momento de eternidade!
Nelson Fachinelli

Se a vida me põe à prova,
não há nada que me oprima,
meu psicólogo é a trova
e o meu analista, a rima!
Neoly de Oliveira Vargas

Tanto ódio!...tanta guerra!...
Mandai "bons ventos", senhor,
aos quatro cantos da terra,
somente espalhando amor!
Neoly de Oliveira Vargas

Natal! No pobre ranchinho,
a mãe ao bom deus bendiz,
acalentando o filhinho
a cantar..."noite feliz..."
Neoly de Oliveira Vargas

Que lindo é um céu estrelado
numa noite azul-turquesa
parece um manto bordado
nos ombros da natureza!
Nilza Castro

Meu chimarrão é um charrua
na verde seiva pisada...
É um beijo de prata e lua,
no apojo da madrugada!
Nilza Castro

Eu gosto muito de flores,
rosa, branca, qualquer cor,
mas o tom dos meus amores
é rubro, que é cor do amor!
Renata Canales

Eu fiz da saudade a marca
de minha ilusão perdida,
e de meu verso uma tarca
para marcar minha vida.
Rui Cardoso Nunes

Quando me paro cismando,
eu sinto, meio bisonho,
o vento do amor soprando
nas cordilheiras do sonho!
Severino Silveira de Sousa

Meus versos, por excelência,
augurando amor e calma,
são "radiações da consciência"
enluarando minha alma!
Severino Silveira de Sousa

Pensa em tudo que fizeres,
ampara, serve e perdoa.
Socorre o quanto puderes,
consola, passa e perdoa.
Severino Silveira de Sousa

Quem nunca teve um amor
vive uma vida sem vida,
sem carícia, sem ardor,
como uma sombra perdida!
Sidarta da Rosa Soares

Busquei a felicidade
por todo lugar que andei,
para dizer a verdade
só procurei, não achei!
Sílvia Benedetti

Um sorriso de criança
mostra um momento profundo
onde vigora a esperança
de ressurgir novo mundo!
Taciana Canales da Trindade

Cometo qualquer loucura,
das convenções rompo os laços,
só para ter a ventura
de amanhecer nos teus braços!
Wilma Mello Cavalheiro

Meu instante é mais bonito,
e o desejo amplia os laços
quando chego ao infinito,
e volto à terra em teus braços.
Wilma Mello Cavalheiro

Minuano teus intentos,
comprovam, em forte estampa,
que és o corsário dos ventos
na imensidão do meu pampa!
Wilma Mello Cavalheiro

Consola a dor na esperança
que à vida sempre conduz.
Quem não teme, tudo alcança,
transformando a dor em luz.
Zélia Maria de Nardi

Tens nos olhos a poesia
das noites enluaradas,
tens no sorriso a magia
e o frescor das madrugadas.
Zeno Cardoso Nunes

Os netos são a esperança,
são momentos de alegria,
lembrando sempre a criança
que já fomos algum dia!
Zuleika Ribeiro Edler

Fonte:
http://ubtportoalegre.portalcen.org/html/gauchos.html

Nenhum comentário:

Autor Anônimo (Oração do Cão Abandonado)

DEUS
Sei que sou um ser criado por ti, para ser amado
pelos homens mas nasci sem a sorte de alguns de minha espécie.

Hoje meu dono levou-me a um passeio de carro.
Chegamos em uma praça, ele tirou minha coleira,
me fez descer do carro, e virando-me as costas,
foi embora e nem se despediu.

Tentei segui-lo mas o carro corria muito e não pude alcançá-lo.
Caí exausto no asfalto. Ainda não entendi. Por que ele me abandonou?

Eu sempre o recebi abanando o rabo, fazia festa e lambia seus pés.
Sempre lati forte, para defendê-lo e afastar os estranhos da porta.

Eu brincava com as crianças... ah! elas me adoravam.
Que saudades. Será que elas ainda se lembram de mim?

Deus, eu fico imaginando como seria bom se eu pudesse
comer agora. Puxa, estou faminto.

Não tenho água para beber, e estou tão cansado.

Procuro um cantinho onde possa me abrigar da chuva,
mas muitas vezes sou chutado.
As pessoas não gostam muito de mim aqui nas ruas.

Estou fraco, não consigo andar muito,
mas encontrei enfim um lugar para passar essa noite.

Está muito frio e o chão está molhado.
Já não tenho pêlo para me aquecer, estou doente,
e creio que ainda hoje vou me encontrar contigo.
Aí no céu meu sofrimento vai terminar.

Peço-vos então, pelos outros, por todos os cãezinhos e animais
abandonados nas ruas, nos parques, nas praças.

Mande-lhes pessoas que deles tenham compaixão,
pois sozinhos, viverão poucos meses, serão atropelados,
sofrerão maltratos dos impiedosos. Proteja-os.

Amenize-lhes esse frio, com o calor das pessoas abençoadas.

Diminua-lhes a fome, tal qual a que sinto, com o alimento do amor que me foi negado.

Sacie-lhes a sede com a água pura dos Seus ensinamentos.

Elimine a dor das doenças, dos maltratados, estirpando a
ignorância do homem.

Tire o sofrimento dos que estão sendo sacrificados em atos
apregoados como religiosos, científicos, tirando das mãos
humanas a sede pelo sangue.

Abrande a tristeza dos que, como eu, foram abandonados,
pois, dentre todos os sofrimentos, esse foi o maior e mais
duro de suportar.

Receba, DEUS, nesta noite gelada, a minha alma, e
minha oração pelos que aqui ficam. É por eles que vos peço,
pois não são humanos, mas são Seus filhos, e são leais e inocentes, e foram criados por Suas mãos e merecem o Seu abrigo.

Amém.

Enviar a pagina em pdf por e-mail

Send articles as PDF to