Singrando Horizontes

Vive muito mais feliz
quem bebe as águas das fontes,
e, também, minh´alma diz,
quem vai Singrando Horizontes !
(Ialmar Pio Schneider - Porto Alegre/RS)

Vai, Singrando Horizontes,
O infinito é a ambição
rumo aos mais distantes montes,
rumo à imaginação!
(Sinclair Pozza Casemiro - Campo Mourão/PR)

Você é a Gralha Poeta
que leva nossa poesia
ao mundo, em que o grande esteta
criou com tanta harmonia!
(Nei Garcez – Curitiba/PR)
Nas artes e na literatura, vão surgindo as classificações didáticas, as separações por faixas etárias, estilos, temáticas etc. Ha professores e alunos no Brasil, que aprendem só isso da produção artística. Decoram nomes, escolas e datas, mas não se embrenham nos livros, preferem o futebol ou o vídeo-game. A Literatura de boa qualidade nos empolga, lemos sem poder largar o livro, as páginas suscitam nossa emoção, respondem ou provocam perguntas.

Sem a Literatura acumulada nos séculos, o ser humano estaria muito mais próximo da animalidade que ainda o caracteriza nas páginas policiais. Em minhas oficinas ninguém gasta muito tempo com aquela americana lista de soft, hard etc. etc. Falamos em cenas que não saem da memória, em emoções que derramam lágrimas, falamos em idéias e como expressa-las com eficiência. Quem entra em um Museu não fica procurando renascentistas, impressionistas, dadaistas, cubistas ou abstracionistas. O espectador inteligente não procura escolas ou datas, procura obras primas. Nossa ambição deve ser a obra-prima.

(André Carneiro)


Fonte da Imagem da Pomba = http://www.senado.gov.br/portaldoservidor/jornal/jornal121/qualidade_vida_paz.aspx

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Ciranda da Primavera (Parte 1)

ANGELA TUDISCO
Primavera de Angela


 Numa linda manhã de primavera,
 o céu estava azul, azul.
 O Sol brilhava como nunca,
 as borboletas pousavam nas flores
 e um arco-íris com as sete cores.

 Era tudo numa paisagem,
 tudo num só verde.

 Mas ainda bem que existe ela,
 a mais bela,
 a Primavera.

 É linda como uma rosa,
 bela como a margarida.
 Cheirosa e muito gostosa,
 que até parece infinita!

 O importante é cuidar,
 é preservar.

 Para mais tarde, tê-la como a vida.

 Angela Tudisco - 12 anos - São Paulo - SP
 essa poesia, eu fiz com 8 anos... foi a minha primeira!!!

------------
SIMONE BORBA PINHEIRO
Encantos da Primavera


 Hoje, acordei com meu amor me chamando,
 para ouvir os pássaros cantando e
 o sol alto convidando para
 dar as boas vindas à primavera.
 Primavera de alegrias,
 estampada em cada rosto sorridente
 que passa e diz: bom dia!
 Primavera de sonhos
 de amores até então escondidos
 na caixinha da timidez,
 e na magia da primavera se revelam,
 assim como a vontade de cantar,
 fazer planos, comprar roupas novas,
 redecorar a casa, ser feliz!
 Primavera de Vivaldi,
 convidando para dançar
 aos sons da natureza
 que elevam a alma
 num cântico de paz.
 Primavera de muitas flores
 desabrochando em todas as cores
 perfumando o ar, enfeitando a vida
 de muitos amores.
 È a estação mais linda do ano,
 é a primavera de flores,
 antes, sementes frágeis e perseverantes
 que romperam a rigidez do solo
 e a aridez do tempo para
 transformarem-se em lindas
 flores primaverís.
 È a primavera chegando,
 è a primavera à cantar!

ADELIA MATEUS
Chegando a Primavera


 Está chegando a primavera
 com seu manto colorido
 exalando o perfume no ar.

 A vida se torna mais alegre
 Os corações transbordam amor
 Em sonhos amorosos e coloridos.

 Ah! Primavera que me seduz...
 quando caminho pelos jardins
 feitos em aroma de felicidade.

 A natureza renasce em multicolores
 Nas lindas manhãs convidativas...
 a vida se transforma em novo sonho.

ALE OVIEDO
Primavera


 No quiero que mi vista pierda
 semejante paisaje que se abre a la tierra
 con verdes nacientes y luces de hechizos
 ...hoy vienes primavera regalando a mis años...
 tiernas pasiones en brotes mágicos.
 Añoro nutrir esta piel cautiva
 surcada por marcas que deja la vida
 tildando destellos con sabor a esperanza
 renaciendo sueños, borrando nostalgias.
 Sentimientos puros con colores nuevos
 me pide mi cuerpo atravesando el deseo
 de crear de la nada una historia latiente
 colmada de soles inmensos... perennes.
 No quiero que mi vista pierda
 la estampa vibrante de la primavera...

ANA MARIA BRASILIENSE
Primavera Chegando


 Com ela trazendo lembranças tuas.
 No amanhecer um convite...
 Sentir na brisa teu perfume.
 Caminho em campos floridos de lembranças,
 onde posso em cada flor sentir teu toque.
 No sol aquecendo meu corpo,
 sinto teu sorriso iluminando meu dia.
 No canto dos pássaros ouço teu sussurrar
 falando de amor...
 Sinto saudades de teus beijos
 quando vejo o colibri beijando a flor...
 Nesse perfumado campo florido,
 com as borboletas multicoloridas
 sinto saudades do colorido que davas aos meus dias...
 Solitária caminho entre flores,
 pássaros,borboletas e lembranças tuas.
 A primavera esta chegando
 e eu ainda
 TE AMO MEU AMOR

ANA MARIA ZACAGNINO
Primavera


 Primavera es Amor,
 Amor que abre las Flores
 y alumbra el corazón,
 del Ser que ama la Vida.
 Del Hombre que ama a Dios,
 llega cual golondrina,
 al nido que anheló.

 Eso es Primavera,
 Amar, Nacer, Amor,
 que palabra tan bella
 que Dios nos concedió.
 ¡Pues con una sonrisa,
 ya nace nuestro Amor!

ANNA MÜLLER
Minha Primavera


 A primavera a chegar me faz recordar,
 o colorido sorriso que deixastes;
 e nessas flores que estão a desabrochar,
 com tua saudade ainda me invades.

 Noutras primaveras só havia tristezas,
 de um cravo orgulhoso plantado a finco;
 pois tú, fostes dos cravos a pura beleza,
 que fazes crescer o calor que ainda sinto.

 Misturam-se brisa com aroma de flores,
 do orvalho ao jasmim, um sabor diferente,
 seus olhos saudosos se mostram em cores...

 E mesmo que ainda te sintas ausente,
 não quero plantar no jardim outros amores;
 apenas um cravo, que és tu, quero presente.

ANTONIO CÍCERO DA SILVA
Linda Primavera


 Como você é linda
 É a primavera
 No jardim da Bem Vinda
 Há flores lindas e belas.

 Na primavera
 Surgem as rosas e os cravos
 A natureza impera
 No sítio do Rosalvo.

 O ar fica cheiroso
 Faz bem para as narinas
 Tudo se torna formoso
 Paraíso das meninas.

 Linda primavera
 Com pétalas a abrir
 A coisa mais singela
 Que podemos assistir.

 Época de alegria
 Que transmite muita calma
 Nada disso existiria
 Se não houvesse a alma.

 Desabrocham lindas flores
 E cheirosas também
 De onde surgem os frutos
 E excelentes ares contêm.

ANTÓNIO ZUMAIA
Primavera


 Primavera é renascer…
 Vida, que é tal como a flor,
 o perfume de viver;
 Desabrochando em amor.

 Nos campos nasce a beleza,
 nos seus dias sempre iguais.
 Vamos esquecer a tristeza,
 Primavera é muito mais.

 É a vida de mil cores.
 Há alegria no ar.
 O homem sonha amores,
 na passarada a cantar.

 No meu jardim nasce a rosa,
 que te vou oferecer…
 Porque esta flor tão formosa,
 é minha razão de ser.

 É nesse ar que respiro,
 que eu sinto a Primavera.
 Por ela… sempre suspiro.
 Viver nela… quem me dera.

 Sines – Portugal

Fonte:
Seleção por Simone Borba Pinheiro. in http://www.familiaborbapinheiro.com

Um comentário:

Rita Rocha disse...

Parabéns, autores deste cultural blog!
Estão divulgando a nossa cultura com muita dedicação.
Belos poemas e lindas trovas...
Aplausos!
Abraços
Rita Rocha

Autor Anônimo (Oração do Cão Abandonado)

DEUS
Sei que sou um ser criado por ti, para ser amado
pelos homens mas nasci sem a sorte de alguns de minha espécie.

Hoje meu dono levou-me a um passeio de carro.
Chegamos em uma praça, ele tirou minha coleira,
me fez descer do carro, e virando-me as costas,
foi embora e nem se despediu.

Tentei segui-lo mas o carro corria muito e não pude alcançá-lo.
Caí exausto no asfalto. Ainda não entendi. Por que ele me abandonou?

Eu sempre o recebi abanando o rabo, fazia festa e lambia seus pés.
Sempre lati forte, para defendê-lo e afastar os estranhos da porta.

Eu brincava com as crianças... ah! elas me adoravam.
Que saudades. Será que elas ainda se lembram de mim?

Deus, eu fico imaginando como seria bom se eu pudesse
comer agora. Puxa, estou faminto.

Não tenho água para beber, e estou tão cansado.

Procuro um cantinho onde possa me abrigar da chuva,
mas muitas vezes sou chutado.
As pessoas não gostam muito de mim aqui nas ruas.

Estou fraco, não consigo andar muito,
mas encontrei enfim um lugar para passar essa noite.

Está muito frio e o chão está molhado.
Já não tenho pêlo para me aquecer, estou doente,
e creio que ainda hoje vou me encontrar contigo.
Aí no céu meu sofrimento vai terminar.

Peço-vos então, pelos outros, por todos os cãezinhos e animais
abandonados nas ruas, nos parques, nas praças.

Mande-lhes pessoas que deles tenham compaixão,
pois sozinhos, viverão poucos meses, serão atropelados,
sofrerão maltratos dos impiedosos. Proteja-os.

Amenize-lhes esse frio, com o calor das pessoas abençoadas.

Diminua-lhes a fome, tal qual a que sinto, com o alimento do amor que me foi negado.

Sacie-lhes a sede com a água pura dos Seus ensinamentos.

Elimine a dor das doenças, dos maltratados, estirpando a
ignorância do homem.

Tire o sofrimento dos que estão sendo sacrificados em atos
apregoados como religiosos, científicos, tirando das mãos
humanas a sede pelo sangue.

Abrande a tristeza dos que, como eu, foram abandonados,
pois, dentre todos os sofrimentos, esse foi o maior e mais
duro de suportar.

Receba, DEUS, nesta noite gelada, a minha alma, e
minha oração pelos que aqui ficam. É por eles que vos peço,
pois não são humanos, mas são Seus filhos, e são leais e inocentes, e foram criados por Suas mãos e merecem o Seu abrigo.

Amém.

Enviar a pagina em pdf por e-mail

Send articles as PDF to