Singrando Horizontes

Vive muito mais feliz
quem bebe as águas das fontes,
e, também, minh´alma diz,
quem vai Singrando Horizontes !
(Ialmar Pio Schneider - Porto Alegre/RS)

Vai, Singrando Horizontes,
O infinito é a ambição
rumo aos mais distantes montes,
rumo à imaginação!
(Sinclair Pozza Casemiro - Campo Mourão/PR)

Você é a Gralha Poeta
que leva nossa poesia
ao mundo, em que o grande esteta
criou com tanta harmonia!
(Nei Garcez – Curitiba/PR)
Nas artes e na literatura, vão surgindo as classificações didáticas, as separações por faixas etárias, estilos, temáticas etc. Ha professores e alunos no Brasil, que aprendem só isso da produção artística. Decoram nomes, escolas e datas, mas não se embrenham nos livros, preferem o futebol ou o vídeo-game. A Literatura de boa qualidade nos empolga, lemos sem poder largar o livro, as páginas suscitam nossa emoção, respondem ou provocam perguntas.

Sem a Literatura acumulada nos séculos, o ser humano estaria muito mais próximo da animalidade que ainda o caracteriza nas páginas policiais. Em minhas oficinas ninguém gasta muito tempo com aquela americana lista de soft, hard etc. etc. Falamos em cenas que não saem da memória, em emoções que derramam lágrimas, falamos em idéias e como expressa-las com eficiência. Quem entra em um Museu não fica procurando renascentistas, impressionistas, dadaistas, cubistas ou abstracionistas. O espectador inteligente não procura escolas ou datas, procura obras primas. Nossa ambição deve ser a obra-prima.

(André Carneiro)


Fonte da Imagem da Pomba = http://www.senado.gov.br/portaldoservidor/jornal/jornal121/qualidade_vida_paz.aspx

domingo, 5 de outubro de 2008

Palavras e Expressões mais Usuais do Latim e de outras Línguas Estrangeiras

Por ser extensa esta lista, dividirei em algumas partes. Nesta parte, a letra A.
------------------------------
Abreviações:
_Lat - latim; fr = francês; ing = inglês; Dir = direito; esp = espanhol; gr = grego
----------------------
ab absurdo
lat Partindo do absurdo. Método de demonstração, usado principalmente em geometria.

ab aeterno
lat De toda a eternidade; sempre.

ab amicis honesta petamus
lat Só devemos pedir aos amigos coisas honestas.

abditae causae
lat Med Causas ocultas, desconhecidas. Diz-se das moléstias cujos sintomas não deixam entrever as causas que os produzem.

ab epistolis
lat Das cartas. Título de alguns funcionários da chancelaria romana.

aberratio delicti
lat Dir Desvio do delito. Erro por parte do criminoso quanto à pessoa da vítima.

aberratio ictus
lat Dir Desvio do golpe. Dá-se quando o delinqüente atinge, por imperícia, pessoa diversa da que visava.

ab hoc et ab hac
lat Disto e desta. Discorrer alguém sobre o que não entende.

ab imo corde
lat Do fundo do coração; sinceramente.

ab imo pectore
lat Do fundo do peito; do fundo da alma, com franqueza.

ab incunabulis
lat Desde o berço. Desde o princípio; desde a origem.

ab initio
lat Desde o começo.

ab intestato
lat Dir Sem deixar testamento. Diz-se da sucessão sem testamento, ou dos herdeiros que dela se beneficiam.

ab irato
lat Movido pela cólera; arrebatadamente.

ab ore ad aurem
lat Da boca ao ouvido; em segredo; discretamente.

ab origine
lat Desde a origem; desde o princípio.

ab ovo
lat Desde o ovo; desde o começo.

ab ovo (usque) ad mala
lat Do ovo até as maçãs (falando das antigas refeições romanas); do princípio ao fim; da sopa à sobremesa.

ab uno disce omnes
lat Por um conhece a todos. Pelas qualidades de um indivíduo podem ser avaliadas as qualidades de um povo.

ab urbe condita
lat Desde a fundação da cidade (de Roma). Cômputo usado pelos historiadores romanos, que datavam os fatos a partir da fundação de Roma (753 antes de Cristo). Empregavam na escrita as iniciais U. C. (Urbis Conditae), isto é, da fundação da cidade.

abusus non tollit usum
lat Dir O abuso não impede o uso. Princípio segundo o qual se pode usar de uma coisa boa em si, mesmo quando outros usam dela abusivamente.

abyssus abyssum invocat
lat Um abismo chama outro abismo. Expressão do Salmo 42, versículo 7, para indicar que uma falta cometida predispõe o pecador a cometer outras mais graves.

accipiens
lat Dir O que recebe. Pessoa que recebe um pagamento; recebedor.

acetum
lat 1 Nome latino do vinagre, usado sobretudo em linguagem farmacêutica. 2 Farm Medicamento acetoso.

acta est fabula
lat Terminou a peça. Expressão usada no teatro antigo. Foi também pronunciada pelo imperador Augusto na hora de sua morte.

ad argumentandum tantum
lat Somente para argumentar. Concessão feita ao adversário, a fim de refutá-lo com mais segurança.

ad augusta per angusta
lat Às coisas excelentes pelos caminhos estreitos. Não se vence na vida sem lutas.

ad calendas Graecas
lat Para as calendas gregas. Transferir alguma coisa para as calendas gregas é manifestar a intenção de não realizá-la. Os gregos não tinham calendas como os romanos.

ad cautelam
lat Por precaução. Diz-se do ato praticado a fim de prevenir algum inconveniente.

ad corpus
lat Dir Expressão usada para indicar a venda de imóvel sem a medida de sua área, por oposição à venda ad mensuram.

ad diem
lat Dir Até o dia. Prazo último para o cumprimento de uma obrigação.

ad duo
lat A duas vozes ou a dois instrumentos, expressão usada em Música ou canto: A sonatina de Mozart foi executada ad duo.

ad exemplum
lat Para exemplo: A medida foi tomada ad exemplum dos demais.

ad extra
lat Por fora, exteriormente: Em vista do serviço, ad extra recebeu mais.

ad extremum
lat Até o fim, até o cabo, até ao extremo: Levou sua teimosia ad extremum.

ad finem
lat Até o fim: Leu o relatório ad finem.

ad gloriam
lat Pela glória: Trabalhar ad gloriam, isto é, sem proveito material, só para conquistar glórias ou honrarias: Kepler dedicou-se à Astronomia ad gloriam.

ad hoc
lat Para isso. Diz-se de pessoa ou coisa preparada para determinada missão ou circunstância: secretário ad hoc, tribuna ad hoc.

ad hominem
lat Para o homem. Sistema de argumentação que contraria o adversário usando de suas próprias palavras ou citando o seu modo de proceder.

ad honores
lat Para as honras, como título de glória. Foi nomeado ad honores, isto é, para um cargo ou função meramente honorífico. Sin: honoris causa.

adhuc sub judice lis est
lat O processo ainda se acha em poder do juiz. A questão não foi definitivamente dirimida (refere-se a litígio ainda não julgado em última instância).

ad instar
lat À semelhança; à maneira de.

ad interim
lat Provisoriamente, de modo passageiro, interinamente: Ad interim vendia livros.

ad internecionem
lat Até o extermínio: Tito levou a guerra aos judeus ad internecionem.

ad intra
lat Por dentro, interiormente: Ria, mas ad intra toda ela era revolta.

ad judicem dicere
lat Falar ao juiz.

ad judicia
lat Dir Para os juízos. Diz-se do mandato judicial outorgado ao advogado pelo mandante.

ad libitum
lat Mús À vontade. 1 Indica que o trecho assinalado pode ser executado com movimento à escolha do intérprete. 2 No teatro indica falas que os atores podem improvisar em cena.

ad limina apostolorum
lat Aos limiares dos apóstolos. Visita qüinqüenal feita a Roma pelos bispos residenciais, a fim de prestar contas ao papa do estado de suas dioceses.

ad litem
lat Dir Para o litígio. Relativo ao processo em causa.

ad litteram
lat Conforme a letra; ao pé da letra; literalmente.

ad majorem Dei gloriam
lat Para maior glória de Deus. Lema da Companhia de Jesus, usado pelos jesuítas pelas iniciais A. M. D. G.

ad mensuram
lat Dir Conforme a medida. Venda estipulada de acordo com o peso ou a medida.

ad modum
lat Conforme a maneira, o uso: Celebrou-se a festa ad modum.

ad negotia
lat Dir Para os negócios. Refere-se ao mandato outorgado para fins de negócio.

ad nutum
lat Dir Segundo a vontade de; ao arbítrio de: Diz-se do ato que pode ser revogado pela só vontade de uma das partes; refere-se também à demissibilidade do funcionário que ocupa cargo de confiança.

ad patres
lat Para os antepassados. Expressão bíblica usada para indicar a morte: Ir ad patres (morrer).

ad perpetuam rei memoriam
lat Para lembrança perpétua da coisa. 1 Fórmula usada em bulas papais e em monumentos comemorativos. 2 Em jurisprudência designa a vistoria judicial realizada para resguardar ou conservar um direito a ser futuramente demonstrado nos autos da ação.

ad quem
lat Dir Para quem. 1 Diz-se do juiz ou tribunal a que se recorre de sentença ou despacho de juiz inferior. 2 Dia marcado para a execução de uma obrigação.

ad referendum
lat Para ser referendado. 1 Dir Diz-se do ato que depende de aprovação ou ratificação da autoridade ou poder competente. 2 Dipl Diz-se da negociação do agente diplomático, sujeita à aprovação de seu governo.

ad rem
lat À coisa. 1 Dir Diz-se do direito ligado à coisa. 2 Log Argumento que atinge o âmago da questão; opõe-se ao argumento ad hominem.

ad retro
lat Para trás. Dir Diz-se do pacto em que o vendedor tem o direito de reaver a coisa vendida, mediante a restituição do preço e despesas acessórias, dentro de prazo determinado.

ad solemnitatem
lat Para a solenidade. Dir Diz-se do requisito da lei necessário para a forma essencial ou intrínseca do ato e sua validade, e não somente para a sua prova.

ad substantiam actus
lat Dir Para a substância do ato. Diz-se do instrumento público, quando exigido como formalidade solene.

ad unguem
lat À unha. Alusão ao brilho que se obtém passando a unha sobre uma superfície: Versos ad unguem, versos polidos. Saber algo ad unguem: sabê-lo à perfeição.

ad unum
lat Até um só, até o último: Nas Termópilas, Leônidas e os seus fizeram-se matar ad unum.

ad usum
lat Para o uso; conforme o uso: ad usum dos alunos. Celebrar uma festa ad usum.

ad usum delphini
lat Para o uso do delfim. Designava as edições dos clássicos latinos, destinadas ao uso do delfim, filho de Luís XIV e ainda hoje se diz de qualquer edição expurgada.

ad valorem
lat Segundo o valor. Dir Diz-se da tributação feita de acordo com o valor da mercadoria importada ou exportada, e não, conforme o seu peso, volume, espécie ou quantidade.

aequo animo
lat Com ânimo igual; com serenidade e constância.

aequo pulsat pede
lat Bate com pé igual. Expressão de Horácio, referindo-se à morte, que esmaga tanto os habitantes dos palácios como os das choupanas. (Odes, 1, 4-13).

aere perennius
lat Mais durável que o bronze. Horácio falava de sua obra literária.

affaire
fr Negócio. Designa negócio escuso ou caso escandaloso. Sf em francês.

a fortiori
lat Com mais razão. Locução empregada para concluir do menos, para o mais evidente: se devo amar a inimigo, a fortiori amarei o meu amigo.

agenda
lat Que deve ser feito.

age quod agis
lat Faze o que fazes. Presta atenção no que fazes; concentra-te no teu trabalho.

Agnus Dei
lat Cordeiro de Deus. 1 Jesus Cristo. 2 Invocação usada durante a missa depois da fração da hóstia e no final das ladainhas. 3 Pequeno relicário de cera do círio pascal e óleo bento, moldado com a imagem do cordeiro, que o papa benze no sábado santo. Atribuem-lhe os devotos a virtude de salvaguarda nos perigos, doenças e tempestades.

agrément
fr Aprovação. Dir Consulta de governo a governo, a fim de saber se o agente diplomático, que pretende o consulente destinar para junto do consultado, convém a este.

aide mémoire
fr Seleção ou resumo de uma obra destinada à fixação dos dados mais importantes.

à la carte
fr Ao cardápio. Pratos não incluídos no cardápio de um restaurante.

à la diable
fr ao diabo. Desordenadamente; atabalhoadamente.

a latere
lat Ao lado. Diz-se de certos cardeais entre os mais cotados pelo papa, quando enviados em missões diplomáticas extraordinárias.

albo lapillo notare diem
lat Marcar o dia com pedra branca. Ser feliz durante o dia.

alea jacta est lat
A sorte foi lançada. Palavras atribuídas a César, quando passou o Rio Rubicão, contrariando as ordens do Senado Romano.

alibi
lat Dir Em outro lugar. Meio de defesa pelo qual o acusado alega e prova que, no momento do delito, se encontrava em lugar diverso daquele onde o fato delituoso se verificou.

all right
ingl Tudo bem; tudo certo.

alma mater ou alma parens
lat Mãe nutriz; mãe bondosa. Em linguagem poética, a pátria ou a escola.

alpha et omega
lat Alfa e ômega; primeira e última letras do alfabeto grego. No Apocalipse designa Cristo, princípio e fim de todas as criaturas.

alter ego
lat Outro eu. Significa o amigo do peito, de confiança, para quem não há segredos.

amicum perdere est damnorum maximum
lat Perder um amigo é o maior de todos os danos.

amicus certus in re incerta cernitur
lat O amigo certo se manifesta na ocasião incerta.

amicus humani generis
lat Amigo do gênero humano. Amigo de todos, ou seja, amigo de ninguém.

amicus Plato, sed magis amica veritas
lat Platão é amigo, porém a verdade é mais amiga.

amor et tussis non celantur
lat O amor e a tosse não se escondem.

amor vincit omnia
lat O amor vence todas as coisas. Parte de um verso de Virgílio (Écloga X, 69).

anch'io son' pittore
ital Eu também sou pintor. Exclamação atribuída a Corrégio (1494-1534), ao contemplar um dos quadros de Rafael.

ancien régime
fr Antigo regime. Locução com que, na França, se designa o governo existente antes da revolução de 1793.

animus abandonandi
lat Dir Intenção de abandonar.

animus abutendi
lat Dir Intenção de abusar.

animus furandi
lat Dir Intenção de roubar.

animus laedendi
lat Dir Intenção de prejudicar.

animus necandi
lat Dir Intenção de matar.

a non domino
lat Dir Por parte de quem não é dono. Diz-se da transferência de bens móveis ou imóveis, por quem não é seu legítimo dono.

ante litem
lat Dir Antes do litígio. Antes de proposta a ação ou como ato preparatório para ela.

ante mortem
lat Antes da morte.

à outrance
fr Sem tréguas; até o fim; a ferro e fogo; a qualquer preço.

aperto libro
lat De livro aberto. Em qualquer parte aberta do livro.

aplomb
fr Aprumo; segurança; desenvoltura.

a posteriori
lat A partir do que vem depois. Sistema de argumentação que parte do efeito para a causa. Opõe-se à argumentação a priori.

après moi le deluge
fr Depois de mim o dilúvio. Frase de Luís XV, segundo alguns, de Mme. Pompadour, segundo outros, pela qual esses personagens manifestavam seu desprezo pela coisa pública. Esperavam que a queda da monarquia só viesse após sua morte.

a priori
lat A partir do que vem antes. Prova fundada unicamente na razão, sem fundamento na experiência. Opõe-se a a posteriori.

à propos
fr Por falar nisso; a propósito.

apud
lat Junto a; em. Usada em bibliografia para indicação de fonte compulsada, nas citações indiretas.

apud acta
lat Dir Nos autos; junto aos autos.

aquae potoribus
lat Pelos bebedores de água. Palavras com que Horácio satirizava em uma de suas epístolas os poemas escritos pelos poetas sóbrios.

à quelque chose malheur est bon
fr A desgraça serve para alguma coisa. Muitas vezes a infelicidade produz um resultado benéfico inesperado.

aquilae non gerunt columbas
lat Águias não geram pombas. Segundo a ordem natural, os filhos herdam as qualidades e deficiências dos pais: tal pai, tal filho.

aquila non capit muscas
lat A águia não apanha moscas. Uma pessoa de espírito superior não se preocupa com ninharias.

a quo
lat Da parte de cá. 1 Na ignorância; sem entender, sem saber. 2 Dir Diz-se do dia a partir do qual se começa a contar um prazo. 3 Dir Diz-se do juiz de um tribunal de cuja decisão se recorre: Juiz a quo (opõe-se, neste caso, a ad quem, juiz, ou tribunal, para o qual se recorre). 4 Lóg Diz-se do termo ou princípio sobre que se fundamenta uma conclusão.

a ratione
lat Pela razão. Pela imaginação, por conjetura, por hipótese; sem fundamento nos fatos reais.

arcades ambo
lat Ambos são árcades. Virgílio nas éclogas se referia a dois pastores da Arcádia, lugar de onde se originavam bons cantores. Ironicamente se aplica a duas pessoas igualmente velhacas ou astutas.

arc-over
ingl Astronáut. Mudança de direção de um míssil guiado, ou foguete, no seu impulso ascensional, para entrar em sua trajetória predeterminada.

arcus nimis intensus rumpitur
lat O arco muito retesado parte-se. O rigor excessivo conduz a resultados desastrosos.

a remotis
lat À parte; em particular, em afastamento.

argot
fr Na França, linguagem usada pelos gatunos; gíria, calão.

argumentum ad crumenam
lat Argumento da bolsa. Emprego do suborno, na falta de razões convincentes.

argumentum baculinum
lat Argumento do porrete. Emprego da violência para a consecução de um objetivo.

arrière-pensée
fr Pensamento dissimulado através de outro que se manifesta. Restrição mental.

ars gratia artis
lat Arte pela arte.

ars longa, vita brevis
lat A arte é longa e a vida é breve. Tradução latina do primeiro aforismo de Hipócrates.

a sacris
lat Das coisas sagradas. Suspensão de exercício das ordens maiores imposta pela Igreja aos clérigos que cometeram faltas graves.

asinus asinum fricat
lat Um burro coça outro burro. Diz-se de pessoas sem merecimento que se elogiam mutuamente e com exagero.

asperges
lat Liturg 1 Antífona cantada ou recitada antes das missas dominicais, durante a aspersão e que começa pelas palavras: asperges me. 2 Aspersão com água benta durante a missa e em outras circunstâncias.

à tout seigneur tout honneur
fr A cada senhor cada honra. Cada um deve ser homenageado de acordo com a dignidade, posição social etc.

attaché
fr Adido (em diplomacia).

auctori incumbit onus probandi
lat Dir Ao autor cabe o trabalho de provar. Quem acusa que prove.

audaces fortuna juvat
lat A fortuna ajuda os audazes. O bom êxito depende de deliberações arriscadas.

audiatur et altera pars
lat Dir Que a outra parte seja também ouvida. Para haver imparcialidade e justiça no julgamento, deve-se ouvir a defesa depois da acusação.

au jour le jour
fr Dia a dia. 1 Viver de parcos recursos adquiridos diariamente. 2 Gastar todo o dinheiro ganho durante o dia sem pensar em economizar.

aunque la mona se vista de seda, mona se queda
esp Mesmo vestida de seda, a macaca é sempre macaca. Os adornos não encobrem grandes defeitos.

aura popularis
lat Brisa popular. Muito empregada nos clássicos latinos para significar a inconstância da opinião pública.

aurea mediocritas
lat Mediocridade áurea. Horácio exalta, com esta expressão, a situação da classe média, nem rica nem pobre.

aures habent et non audiunt
lat Têm ouvidos e não ouvem. Referência que o Salmo CXV faz aos ídolos, para depois concluir que aqueles que os fazem e os que neles confiam acabarão se assemelhando a eles.

au revoir
fr Adeus; até a vista.

auri sacra fames
lat Maldita fome de ouro. Expressão pela qual Virgílio condena a ambição desmedida.

auro suadente, nil potest oratio
lat Se o ouro persuade, nada vale a palavra. A eloqüência é inútil diante dos interesses pecuniários.

aut Caesar, aut nihil
lat Ou César, ou nada. Divisa ambiciosa de César Bórgia.

autem genuit
lat Porém gerou. 1 Relação longa e fastidiosa. 2 Narração enfadonha.

à vaincre sans peril, on triomphe sans gloire
fr Quando se vence sem perigo, triunfa-se sem glória. Verso de Corneille que condena o êxito fácil.

avant la lettre
fr Antes da letra. Diz-se da gravura tirada antes da legenda; figuradamente, idéia pioneira.

avant-première
fr Antes da primeira. Apresentação de filme ou peça teatral para público limitado, como críticos de arte, imprensa, autoridades etc. O neologismo pré-estréia foi lançado para substituir esta expressão.

ave Caesar, morituri te salutant
lat Salve César, os que vão morrer te saúdam. Palavras dirigidas pelos gladiadores ao imperador, antes de entrarem em luta.

avis rara
lat Ave rara. Para indicar a ausência de pessoa ou coisa que se tem em grande estima.

avoirdupois
ingl Com Nome por que é conhecido o sistema de pesos e medidas, inglês e norte-americano.

à vol d'oiseau
fr A vôo de pássaro. Pela rama; por alto.

Fonte:

Nenhum comentário:

Autor Anônimo (Oração do Cão Abandonado)

DEUS
Sei que sou um ser criado por ti, para ser amado
pelos homens mas nasci sem a sorte de alguns de minha espécie.

Hoje meu dono levou-me a um passeio de carro.
Chegamos em uma praça, ele tirou minha coleira,
me fez descer do carro, e virando-me as costas,
foi embora e nem se despediu.

Tentei segui-lo mas o carro corria muito e não pude alcançá-lo.
Caí exausto no asfalto. Ainda não entendi. Por que ele me abandonou?

Eu sempre o recebi abanando o rabo, fazia festa e lambia seus pés.
Sempre lati forte, para defendê-lo e afastar os estranhos da porta.

Eu brincava com as crianças... ah! elas me adoravam.
Que saudades. Será que elas ainda se lembram de mim?

Deus, eu fico imaginando como seria bom se eu pudesse
comer agora. Puxa, estou faminto.

Não tenho água para beber, e estou tão cansado.

Procuro um cantinho onde possa me abrigar da chuva,
mas muitas vezes sou chutado.
As pessoas não gostam muito de mim aqui nas ruas.

Estou fraco, não consigo andar muito,
mas encontrei enfim um lugar para passar essa noite.

Está muito frio e o chão está molhado.
Já não tenho pêlo para me aquecer, estou doente,
e creio que ainda hoje vou me encontrar contigo.
Aí no céu meu sofrimento vai terminar.

Peço-vos então, pelos outros, por todos os cãezinhos e animais
abandonados nas ruas, nos parques, nas praças.

Mande-lhes pessoas que deles tenham compaixão,
pois sozinhos, viverão poucos meses, serão atropelados,
sofrerão maltratos dos impiedosos. Proteja-os.

Amenize-lhes esse frio, com o calor das pessoas abençoadas.

Diminua-lhes a fome, tal qual a que sinto, com o alimento do amor que me foi negado.

Sacie-lhes a sede com a água pura dos Seus ensinamentos.

Elimine a dor das doenças, dos maltratados, estirpando a
ignorância do homem.

Tire o sofrimento dos que estão sendo sacrificados em atos
apregoados como religiosos, científicos, tirando das mãos
humanas a sede pelo sangue.

Abrande a tristeza dos que, como eu, foram abandonados,
pois, dentre todos os sofrimentos, esse foi o maior e mais
duro de suportar.

Receba, DEUS, nesta noite gelada, a minha alma, e
minha oração pelos que aqui ficam. É por eles que vos peço,
pois não são humanos, mas são Seus filhos, e são leais e inocentes, e foram criados por Suas mãos e merecem o Seu abrigo.

Amém.

Enviar a pagina em pdf por e-mail

Send articles as PDF to