Singrando Horizontes

Vive muito mais feliz
quem bebe as águas das fontes,
e, também, minh´alma diz,
quem vai Singrando Horizontes !
(Ialmar Pio Schneider - Porto Alegre/RS)

Vai, Singrando Horizontes,
O infinito é a ambição
rumo aos mais distantes montes,
rumo à imaginação!
(Sinclair Pozza Casemiro - Campo Mourão/PR)

Você é a Gralha Poeta
que leva nossa poesia
ao mundo, em que o grande esteta
criou com tanta harmonia!
(Nei Garcez – Curitiba/PR)
Nas artes e na literatura, vão surgindo as classificações didáticas, as separações por faixas etárias, estilos, temáticas etc. Ha professores e alunos no Brasil, que aprendem só isso da produção artística. Decoram nomes, escolas e datas, mas não se embrenham nos livros, preferem o futebol ou o vídeo-game. A Literatura de boa qualidade nos empolga, lemos sem poder largar o livro, as páginas suscitam nossa emoção, respondem ou provocam perguntas.

Sem a Literatura acumulada nos séculos, o ser humano estaria muito mais próximo da animalidade que ainda o caracteriza nas páginas policiais. Em minhas oficinas ninguém gasta muito tempo com aquela americana lista de soft, hard etc. etc. Falamos em cenas que não saem da memória, em emoções que derramam lágrimas, falamos em idéias e como expressa-las com eficiência. Quem entra em um Museu não fica procurando renascentistas, impressionistas, dadaistas, cubistas ou abstracionistas. O espectador inteligente não procura escolas ou datas, procura obras primas. Nossa ambição deve ser a obra-prima.

(André Carneiro)


Fonte da Imagem da Pomba = http://www.senado.gov.br/portaldoservidor/jornal/jornal121/qualidade_vida_paz.aspx

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

José Feldman (Aquarela de Trovas n. 7)

 Este é um país fascinante,
produto de muitas mãos.
– Aqui, nativo e imigrante
parceiros somos, e irmãos!
A. A. DE ASSIS – PR

Arquivei na minha mente
lendas que trazem saudades,
e eu as vivo, simplesmente,
como se fossem verdades.
ADEMAR MACEDO – RN

Paquerador, mas casado,
da aliança faz segredo.
Sai por aí, o safado,
com um “bandeide” no dedo.
ADILSON DE PAULA – PR
 

Eu canto no triste encanto
saudades do teu amor,
porém se ouvires meu canto,
eu peço graça ao Senhor.
AGOSTINHO RODRIGUES - RJ

Morre o sonho, e as nossas vidas,
antes, caminhos iguais,
são duas trilhas perdidas
que não se cruzam jamais.
ALBA CHRISTINA C. NETTO – SP

Nestas ondas espumantes,
onde pesquei meu sonhar,
eu sou pescador de instantes,
nos encantos que encontrar.
ALZIRA DALL’ AGNOL – SC
 

Relógio, fique parado!
Não deixe o tempo passar...
Eu quero ser enganado
quando a velhice chegar!
AMÁLIA MAX – PR

Se amamos todos a vida
(ninguém deseja ser morto...),
que estupidez essa lida,
dos que defendem o aborto!
AMILTON MACIEL MONTEIRO – SP

Mulher é sopro de vida,
é brisa terna e envolvente,
aragem leve, sentida,
roçando o corpo da gente.
ANTÔNIO MANOEL ABREU SARDENBERG

Das rosas do meu jardim,
Maria sempre a mais bela…
Perfuma mais que o jasmim,
Que floresce em torno dela!
APOLLO TABORDA FRANÇA – PR

A criança é flor mimosa,
desabrochando pra vida,
e traz o encanto da rosa
já orvalhada e florida.
ARLENE LIMA – PR

Ceará terra da Luz,
de homem forte, bem valente,
o seu coração reluz,
planta do amor, a semente.
CÁRITAS  SOUZZA - CE

Dios nos dio sabiduría
para poder ben vivir...
siempre con paz e alegría
para dar e compartir...
CARMEN PATIÑO FERNÁNDEZ-ESPAÑA

Ainda bem que tenho os meios
de não ficar tão sozinha:
desenho e bordo, abro e-mails,
faço versos na cozinha...
CLEVANE PESSOA –  MG

Ó velhice, eu que temia
que chegasses de repente,
vivo em tua companhia,
sem notar que estás presente!
DELCY CANALLES – RS

Não pule do trem do tempo
em desembarque apressado.
Viaje sem contratempo
e não pare adiantado.
DINAIR LEITE – PR

Trago um sonho pequenino
Guardado dentro do peito
Que é morar sempre um menino
Neste corpo de homem feito...
DOMINGOS CARDOSO – PORTUGAL

Os teus sonhos reluzentes
de ternura e emoção,
são como enredos fluentes,
pescam nosso coração!
EFIGÊNIA COUTINHO – SC
 

Pescador mais esportivo
deixa seu peixe escapar,
melhor solto que cativo,
para assim o preservar.
ELIANA RUIZ JIMENEZ – SC

Confirmando as suas lendas,
por capricho, o velho mar,
cobre as areias de rendas,
quando a praia, vem beijar...
FABIANO WANDERLEY – RN

No teu regaço dormi...
Como em cama de jasmim
Foi no teu sonho que eu vi,
O quanto gostas de mim!
FERDINANDO FERNANDES – PORTUGAL

Na ausência que não nos poupa,
saudade é formiga arisca
que fica dentro da roupa
e volta e meia belisca.
FLÁVIO ROBERTO STEFANI – RS
 

Eu vou trilhando esta senda
tão difícil da poesia,
e nela quero ser lenda,
eis meu "sonho  fantasia"!
FRANCISCO NEVES MACEDO – RN

Nos lençóis brancos, macios,
de nossa cama deserta,
o tempo desmancha os fios
da minha pobre coberta.
GISLAINE CANALES – RS


Cristo, o maior pescador,
pescou peixes, pescou almas,
resgatou do mundo a dor,
em manhãs belas e calmas!
GLEDIS TISSOT – SC

O bilro, velho instrumento,
que entrelaçou tantas rendas,
tece, agora, num momento,
as rimas de minhas lendas.
IEDA LIMA – RN

Nem sempre a felicidade
vem da vitória ou da fama;
pode estar numa saudade
ou nos olhos de quem ama!
JEANETTE DE CNOP – PR

Mesmo vencendo a contenda,
e os medos da tenra idade,
o lobisomem é a lenda
que vive em minha saudade!
JOAMIR MEDEIROS – RN

Poeta, és  velho coreto
onde, na noite estrelada,
teus sonhos fazem dueto
com a voz da  madrugada...
JOÃO PAULO OUVERNEY – SP

Mais do que fadas e mitos,
num cenário encantador,
tenho sonhos tão bonitos,
que viram lendas de amor!
JOSÉ LUCAS DE BARROS – RN

Vinho e uva de montão
morro abaixo, morro acima
não estranhe, amigo, não
é a festa da vindima
JUSSARA C. GODINHO – RS

La noche se hace plateada,
mientras la samba yo danzo,
y a la luna apasionada,
un dulce mirar yo lanzo.
LAURA ROJAS – CHILE

¡Que bueno es ser tu amigo!
¡Ser tu amigo , que te adora!
Por eso tus pasos sigo
¡linda y bella Trovadora!
LEONARDO HUERTA – MÉXICO

Num tropel de evoluções,
a lua, no céu, galopa,
entrelaçando bilhões
de áureas estrelas em tropa!
LISETE JOHNSON – RS
 

Lá vai o bom pescador
por esses mares desertos,
lá vai ele, o sonhador,
pescando em  portos incertos!
LUCAS BARBOZA – SC

Era sonho, se desfez,
se desfez minha ilusão;
restou-me a insensatez,
cinzas quentes da paixão.
MANOEL DANTAS – RN


Tempo que reparte a vida,
 faz o meu destino assim:
 Vida é lenda dividida...
 Parte é começo, outra é fim!
MARA MELLINI DE ARAÚJO GARCIA – RN

La amistad me dio la vida
las ansias de libertad
a compartir nos convida
y a los sueños despertad.
MARIA CRISTINA FERVIER – ARGENTINA

Para a alma aliviar
na dor, conflito, paixão,
a lágrima acalma o olhar;
um poema, o coração!
MARIA ELIANA PALMA – PR

Papai Noel, eu queria
Que sempre em cada Natal
Trouxesses mais alegria
ao Brasil e a Portugal.
MARIA JOSÉ FRAQUEZA - PORTUGAL

Pelas ruas, no passado,
nos realejos risonhos,
o periquito amestrado
passava vendendo sonhos.
MARINA DE SOUZA VALENTE – SP

Se o mar da vida, tristonho,
faz meu sonho naufragar,
iço as velas de outro sonho
e outra vez volto p'ro mar!
MARISA VIEIRA OLIVAES – RS
 

Todo cão é prestativo
um amigo verdadeiro,
com o seu dono, é festivo,
efusivo companheiro.
MIFORI -SP
 

A primavera, suponho,
que tendo sonhos de amor,
faz, sim,com que cada sonho
nasça em forma de uma flor.
MIGUEL RUSSOWSKY – SC

Sonhar é o jeito mais certo
de dar um passo gigante:
o sonho traz para perto
o que parece distante.
MILTON SEBASTIÃO SOUZA – RS

Chamou-me de bela flor,
mexeu na rede emoção,
transformou-se em pescador
e pescou meu coração!
MIRIAM WEBER –SC
 

Luiz Otavio, no infinito,
em sua estrada já traçada,
nos ensina quão bonito
é uma trova declamada!
NEI GARCEZ – PR
 

Meu coração é um gigante,
que guarda muita emoção,
e nele tem habitante,
guardado com devoção.
NEIVA DE SOUZA FERNANDES – RJ
 

Há na mente da criança
um ideal tão fecundo,
que toda desesperança
torna-se lenda no mundo.
PAULO ROBERTO DA SILVA – RN

Primavera é foto linda,
de uma infância toda em flor;
parece que nunca finda
a primavera do amor!
PROF. GARCIA - RN
 

Aquele que firme avança,
sem receio de fracassos,
mantém consigo a esperança
levando o sonho nos braços.
REGINA CÉLIA DE ANDRADE – RJ
 

Não há nada que retalhe
os poemas que componho,
pois cada verso é um detalhe
do tamanho do meu sonho!
RENATA PACCOLA – SP

O sonho mais belo e ardente
da minha infância querida
virou cinzas, de repente,
nas fogueiras desta vida!
RENATO ALVES – RJ
 

A Natureza hoje chora
a cruel devastação
que faz o verde ir embora
e veste de cinza o chão !…
SONIA MARIA DITZEL MARTELO – PR
 

A vitória que se alcança
tem lição para ensinar.
– Não fique na praia mansa,
saiba as ondas enfrentar!
VANDA FAGUNDES QUEIROZ – PR
 

Navegam os trovadores
em e-mails de ilusões,
computando riso e dores,
conectando as emoções!!!
VÂNIA ENNES – PR

Nenhum comentário:

Autor Anônimo (Oração do Cão Abandonado)

DEUS
Sei que sou um ser criado por ti, para ser amado
pelos homens mas nasci sem a sorte de alguns de minha espécie.

Hoje meu dono levou-me a um passeio de carro.
Chegamos em uma praça, ele tirou minha coleira,
me fez descer do carro, e virando-me as costas,
foi embora e nem se despediu.

Tentei segui-lo mas o carro corria muito e não pude alcançá-lo.
Caí exausto no asfalto. Ainda não entendi. Por que ele me abandonou?

Eu sempre o recebi abanando o rabo, fazia festa e lambia seus pés.
Sempre lati forte, para defendê-lo e afastar os estranhos da porta.

Eu brincava com as crianças... ah! elas me adoravam.
Que saudades. Será que elas ainda se lembram de mim?

Deus, eu fico imaginando como seria bom se eu pudesse
comer agora. Puxa, estou faminto.

Não tenho água para beber, e estou tão cansado.

Procuro um cantinho onde possa me abrigar da chuva,
mas muitas vezes sou chutado.
As pessoas não gostam muito de mim aqui nas ruas.

Estou fraco, não consigo andar muito,
mas encontrei enfim um lugar para passar essa noite.

Está muito frio e o chão está molhado.
Já não tenho pêlo para me aquecer, estou doente,
e creio que ainda hoje vou me encontrar contigo.
Aí no céu meu sofrimento vai terminar.

Peço-vos então, pelos outros, por todos os cãezinhos e animais
abandonados nas ruas, nos parques, nas praças.

Mande-lhes pessoas que deles tenham compaixão,
pois sozinhos, viverão poucos meses, serão atropelados,
sofrerão maltratos dos impiedosos. Proteja-os.

Amenize-lhes esse frio, com o calor das pessoas abençoadas.

Diminua-lhes a fome, tal qual a que sinto, com o alimento do amor que me foi negado.

Sacie-lhes a sede com a água pura dos Seus ensinamentos.

Elimine a dor das doenças, dos maltratados, estirpando a
ignorância do homem.

Tire o sofrimento dos que estão sendo sacrificados em atos
apregoados como religiosos, científicos, tirando das mãos
humanas a sede pelo sangue.

Abrande a tristeza dos que, como eu, foram abandonados,
pois, dentre todos os sofrimentos, esse foi o maior e mais
duro de suportar.

Receba, DEUS, nesta noite gelada, a minha alma, e
minha oração pelos que aqui ficam. É por eles que vos peço,
pois não são humanos, mas são Seus filhos, e são leais e inocentes, e foram criados por Suas mãos e merecem o Seu abrigo.

Amém.

Enviar a pagina em pdf por e-mail

Send articles as PDF to