Singrando Horizontes

Vive muito mais feliz
quem bebe as águas das fontes,
e, também, minh´alma diz,
quem vai Singrando Horizontes !
(Ialmar Pio Schneider - Porto Alegre/RS)

Vai, Singrando Horizontes,
O infinito é a ambição
rumo aos mais distantes montes,
rumo à imaginação!
(Sinclair Pozza Casemiro - Campo Mourão/PR)

Você é a Gralha Poeta
que leva nossa poesia
ao mundo, em que o grande esteta
criou com tanta harmonia!
(Nei Garcez – Curitiba/PR)
Nas artes e na literatura, vão surgindo as classificações didáticas, as separações por faixas etárias, estilos, temáticas etc. Ha professores e alunos no Brasil, que aprendem só isso da produção artística. Decoram nomes, escolas e datas, mas não se embrenham nos livros, preferem o futebol ou o vídeo-game. A Literatura de boa qualidade nos empolga, lemos sem poder largar o livro, as páginas suscitam nossa emoção, respondem ou provocam perguntas.

Sem a Literatura acumulada nos séculos, o ser humano estaria muito mais próximo da animalidade que ainda o caracteriza nas páginas policiais. Em minhas oficinas ninguém gasta muito tempo com aquela americana lista de soft, hard etc. etc. Falamos em cenas que não saem da memória, em emoções que derramam lágrimas, falamos em idéias e como expressa-las com eficiência. Quem entra em um Museu não fica procurando renascentistas, impressionistas, dadaistas, cubistas ou abstracionistas. O espectador inteligente não procura escolas ou datas, procura obras primas. Nossa ambição deve ser a obra-prima.

(André Carneiro)


Fonte da Imagem da Pomba = http://www.senado.gov.br/portaldoservidor/jornal/jornal121/qualidade_vida_paz.aspx

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

A. A. de Assis (Revista Virtual de Trovas "Trovia" - n. 177 - setembro de 2014)


                                              Trovia
UBT – Seção Maringá-PR -- Coordenação: A. A. de Assis
Ano 15 – n. 177 – Revista virtual de trovas – Setembro de 2014

Palmas para Mílton Loureiro, Aparício, Luiz Otávio,
Magdalena Léa, JG e Barreto Coutinho
--------------------------------------------------------------------------------

Amor – mistério profundo
que não se pode explicar.
Mesmo assim, pobre do mundo
se ninguém soubesse amar…
Aparício Fernandes

Todo o teu corpo estremece
se te falo – que doidice!
Que dirá se eu te dissesse
aquilo que eu não te disse...
Djalma Andrade

Eu te quero às escondidas...
E se esta espera durar,
te esperarei quantas vidas
for necessário esperar...
Eugênia Maria Rodrigues

Liberdade – sentinela
da paz, em qualquer lugar.
E quem não lutar por ela...
não tem mais por que lutar!
João Freire Filho

Estrela do céu que eu fito,
se agora ela me fitar,
fala do amor infinito
que eu lhe mando neste olhar...
Luiz Otávio

Um brinde à vida, eu proponho!
À vida quero brindar...
Se o que move a vida é o sonho,
 vamos viver e... sonhar!
Thereza Costa Val

===========


Hoje em dia, no namoro,
tem pegação, tem ficada.
Se o homem não dá no couro,
já não pega quase nada!
Ângela Ramalho – PR

Tem mulher que vai ao bar
tomar uma caipirinha...
No fundo ela vai tomar
é conta de uma vizinha!
Elisabeth Souza Cruz – RJ

O beijo só tem razão
se um ato de amor ele é.
Do contrário é lambeção,
ou falta de higiene até...
Maria de Archimedes – RJ

Por justas causas, e fartas,
perdeu o carteiro o emprego:
em vez de entregar as cartas,
jogando cartas foi pego...
Osvaldo Reis – PR

O “pulgo” ficou cismando
quando viu, pelo caminho,
sua pulga passeando
no cachorro do vizinho...
Renato Alves – RJ

Se é verdadeiro que é o cão
maior amigo da gente,
amigo de comilão
deve ser “cachorro quente”!
Selma Patti Spinelli – SP

======================

Que alegre alívio provoca,
na alma e no coração,
o abraço que a gente troca
numa troca de perdão!
 A. A. de Assis – PR

É muito bom ser querido
com afago comovente,
ao saber que é preferido
como anjo, amigo e parente.
Agostinho Rodrigues – RJ

Vou cumprir o desagravo
de um amor intransigente:
Deixo de ser seu escravo
e quebro a minha corrente!
Alberto Paco – PR

Esta vida é uma viagem,
onde a gente vai e vem...
– Aqui estamos de passagem
quais passageiros de um trem.
A.M.A. Sardenberg – RJ

Meu estro virou espuma
nas bravas ondas do mar...
Não faço mais trova alguma
até meu amor voltar!
Amilton Maciel – SP

Sem fazer-me de rogada,
só persiste uma verdade:
Poesia em mim fez pousada,
sem ter qualquer leviandade.
Andréa Mota – PR

Do que vale o meu canteiro
de bom trigo, de primeira,
se joio dá mais dinheiro
na “cultura” brasileira?!
Ari Santos de Campos – SC

Existe tanta união
entre os teus sonhos e os meus,
que só não és meu irmão
por um descuido de Deus!
Arlindo Tadeu Hagen – MG

Nós somos duas tipoias,
somando forças escassas:
– quando eu fracasso, me apoias,
te apoio, quando fracassas!...
Carolina Ramos – SP

Tantas curvas na subida,
tantas placas de atenção;
é que o amor vem na descida,
desamando em contramão.
Cida Vilhena – PB

Do seu lar fazendo um templo,
menino, velho ou rapaz,
faz da vida um belo exemplo
quem trabalha pela paz!
Cláudio de Cápua – SP

Ainda bem que tenho os meios
de não ficar tão sozinha:
desenho e bordo, abro e-mails,
faço versos na cozinha...
Clevane Pessoa – MG

Rasguei carta, telegrama,
fotos, bilhetes de amor,
mas ao deitar nesta cama,
rasga-me o peito esta dor!
Conceição de Assis – MG

A trova não envelhece,
como toda a poesia.
É perene como a prece,
imortaliza a alegria.
Cônego Telles – PR

Doy un beso agradecida
al árbol que está sembrado.
¡Con su vida nos da vida
aun después de ser cortado!
Cristina Olivera Chávez – USA

Um coração que se isola
cava a própria solidão
e não há melhor escola
que o convívio com o irmão.
Dáguima Verônica – MG

Lua, que vagas serena
na amplidão do azul celeste,
traz consolo à minha pena,
leva a dor que me trouxeste!
Diamantino Ferreira – RJ

Vivi momentos de horrores,
trilhando rumos desertos;
provando dos dissabores
dos meus amores incertos.
Djalma da Mota – RN

Procure espalhar, na vida,
alegria em sua estrada,
que a alegria dividida
é sempre multiplicada!
Domitilla Borges Beltrame – SP

Nossa terra e a terra lusa,
na doce língua que as liga,
são cordas nas mãos da musa,
cantando a mesma cantiga.
Dorothy Jansson Moretti – SP

Por mais que o mundo distorça
da Bíblia as sábias propostas,
o Livro tem tanta força
que leva o mundo nas costas.
Edmar Japiassú Maia – RJ

Eu não preciso de ajuda!
Quem essa frase repisa,
meu amigo, não se iluda,
é o que dela mais precisa...
Élbea Priscila – SP

Seguindo a rosa dos ventos,
minha força à prova eu ponho:
– navegar, vencer tormentos,
sem temer dar asa ao sonho.
Eliana Jimenez – SC

Quando, sem fazer alarde,
me sinto só, esmoreço.
Inútil meu Mastercard:
amizade não tem preço.
Eliana Palma – PR

Em silêncio, a noite fria
dorme com a luz do luar...
Comigo dorme a magia
do brilho do teu olhar!
Eva Yanni Garcia – RN

Faça do sonho um poema,
quebre os grilhões da maldade,
que um sonho bom só se algema
nos braços da liberdade!
Francisco Garcia – RN

No coração de quem ama
transborda felicidade,
mas, quem perdeu essa chama
vive a chorar de saudade.
Gasparini Filho – SP

Nos lençóis brancos, macios,
de nossa cama deserta,
o tempo desmancha os fios
da minha pobre coberta.
Gislaine Canales – SC

Gosto do cantar dos ventos
pela fresta da janela:
lembranças dos bons momentos
em que a vida era mais bela.
Hulda Ramos – PR

Se me dessem o direito
de um só pedido fazer,
pediria, então, sem jeito:
ser criança até morrer!
Istela Marina – PR

Não olhes no exterior:
Armani, Chanel ou Boss.
Elegância vem do amor
que nasce dentro de nós!
J.B. Xavier – SP

Nem sempre a felicidade
vem da vitória ou da fama...
Pode estar numa saudade
ou nos sonhos de quem ama.
Jeanette De Cnop – PR

Bola no chão, pés descalços,
o futebol contagia;
menino pobre... percalços...
sonho de ser craque um dia.
Jessé Nascimento – RJ

Amor! És como uma rosa,
cuja corola, ao se abrir,
exibe a mulher formosa
que é o meu mais doce elixir!
José Feldman – PR

Bate o relógio sisudo,
mede a vida com rigor,
e o tempo, que vence tudo,
não vence a força do amor.
José Lucas de Barros – RN

É num desabafo mudo
que muita gente se trai,
deixando o olhar dizer tudo
que com palavras não sai!
José Ouverney – SP

Partiu, deixando o seu traço
no meu caminho dos sós...
A saudade é esse espaço
que existe sempre entre nós.
José Valdez – SP

Na pouca pressa que tens
de aliviar minha saudade,
enquanto espero e não vens,
transcorre uma eternidade!
Lucília Decarli – PR

Se não me dás teu carinho,
se não me queres amar,
sou barco triste e sozinho,
que já não quer navegar.
Luiz Carlos Abritta – MG

Meu pai, sisudo e calado,
não me deu muito conselho.
Porém, seu exemplo, honrado,
segue sendo o meu espelho.
Luiz Hélio Friedrich – PR

Nove meses eu te aguardo...
recebo-te, enternecida;
não é trabalho, nem fardo,
é, sim, milagre da vida!
Mª da Conceição Fagundes – PR

Sem o meu consentimento,
tua imagem atrevida
invade o meu pensamento
e tranca qualquer saída.
Maria Lúcia Daloce – PR

A imensidão desse amor,
que me transcende o presente,
faz suportar minha dor,
quando seu corpo está ausente.
Mª Luiza Walendowsky – SC

Quem entra em meu coração
fica lá por toda a vida.
Ele é igual a um alçapão:
não tem porta de saída!
Mª Madalena Ferreira – RJ

Há quem fale de mulher
com menosprezo profundo,
sem mesmo pensar, sequer,
em quem o trouxe a este mundo.
Mª Thereza Cavalheiro – SP

Saudade, mágoa sentida,
barco distante do cais;
pedaço da própria vida
que a gente não vive mais...
Marta Paes de Barros – SP

A vida tem amarguras,
mas também divertimentos.
Tem dias só de venturas,
outros de arrependimentos...
Matusalém Dias de Moura – ES

Que se rompam os grilhões
do ódio e do preconceito;
vamos forjar, aos milhões,
elos de amor e respeito.
Maurício Friedrich – PR

Toda página tem cor
na história de minha vida.
Nos meus relatos de amor
tanta saudade embutida!...
Mifori – SP

A verdade, quando dita,
por mais dura que pareça,
é uma dádiva bendita
que faz com que a gente cresça.
Nei Garcez – PR

Ficou mais lento o meu passo?
Caminharei mesmo assim.
Só temeria o cansaço
se me cansasse de mim...
Newton Vieira – MG

O único espinho na vida
impossível de arrancar
é a dor da falta sentida
de quem não vai mais voltar.
Nilsa Alves de Melo – PR

Quem como eu faz poesia
sabe que a glória é incompleta.
– Ninguém aposenta o dia
do trabalho de um poeta.
Nilton Manoel – SP

Carrego pouca bagagem
porque na vida aprendi
que, mesmo longa a viagem,
preciso apenas de ti.
Olga Agulhon – PR

Ao homem Deus deu a Terra
e veja o que o homem faz:
cria as hienas da guerra
e mata as pombas da paz.
Olympio Coutinho – MG

Quando uma ofensa me oprime
em silêncio enfrento tudo:
qualquer grito se redime
ante o meu protesto mudo.
Rita Mourão – SP

Aprenda a dizer sim/não,
seguindo a sua vontade.
Sem fúria, sem emoção,
salve a sua liberdade...
Roberto Acruche – RJ

O vento, com peraltice,
leva folhas pelo espaço.
Que bom se um dia o sentisse
levando as preces que faço...
Ruth Farah – RJ

Pelos versos, vou-me, errante,
longe e tão perto, outrosssim...
Amarras se vão, adiante,
vem liberdade sem fim!
Sinclair Casemiro – PR

Em sonho lembro a vagar,
teus carinhos, teus desvelos,
tuas mãos a deslizar
como a brisa em meus cabelos.
Sônia Sobreira – RJ

Se o destino desaprova
minha ilusão desmedida,
eu ponho ilusões na Trova
e sigo iludindo a vida.
Thalma Tavares – SP

Fez juras – embora negue –
nas cartas, que eu faço em tiras,
para que o vento carregue
todas as suas mentiras!
Therezinha Brisolla – SP

Na vida, eu prefiro o jogo,
não de azar, de sedução...
e, em vez de cartas, o fogo
que incendeia uma paixão.
Vanda Alves da Silva – PR

Deus aprove “com louvor”
e um anjo toque uma ária,
sempre que houver, pelo Amor,
uma ação comunitária.
Vanda Fagundes Queiroz – PR

Sou navegante do rio
que tem por fonte a paixão
e deságua, sem desvio,
na foz do teu coração!
Wanda Mourthé – MG





Nenhum comentário:

Autor Anônimo (Oração do Cão Abandonado)

DEUS
Sei que sou um ser criado por ti, para ser amado
pelos homens mas nasci sem a sorte de alguns de minha espécie.

Hoje meu dono levou-me a um passeio de carro.
Chegamos em uma praça, ele tirou minha coleira,
me fez descer do carro, e virando-me as costas,
foi embora e nem se despediu.

Tentei segui-lo mas o carro corria muito e não pude alcançá-lo.
Caí exausto no asfalto. Ainda não entendi. Por que ele me abandonou?

Eu sempre o recebi abanando o rabo, fazia festa e lambia seus pés.
Sempre lati forte, para defendê-lo e afastar os estranhos da porta.

Eu brincava com as crianças... ah! elas me adoravam.
Que saudades. Será que elas ainda se lembram de mim?

Deus, eu fico imaginando como seria bom se eu pudesse
comer agora. Puxa, estou faminto.

Não tenho água para beber, e estou tão cansado.

Procuro um cantinho onde possa me abrigar da chuva,
mas muitas vezes sou chutado.
As pessoas não gostam muito de mim aqui nas ruas.

Estou fraco, não consigo andar muito,
mas encontrei enfim um lugar para passar essa noite.

Está muito frio e o chão está molhado.
Já não tenho pêlo para me aquecer, estou doente,
e creio que ainda hoje vou me encontrar contigo.
Aí no céu meu sofrimento vai terminar.

Peço-vos então, pelos outros, por todos os cãezinhos e animais
abandonados nas ruas, nos parques, nas praças.

Mande-lhes pessoas que deles tenham compaixão,
pois sozinhos, viverão poucos meses, serão atropelados,
sofrerão maltratos dos impiedosos. Proteja-os.

Amenize-lhes esse frio, com o calor das pessoas abençoadas.

Diminua-lhes a fome, tal qual a que sinto, com o alimento do amor que me foi negado.

Sacie-lhes a sede com a água pura dos Seus ensinamentos.

Elimine a dor das doenças, dos maltratados, estirpando a
ignorância do homem.

Tire o sofrimento dos que estão sendo sacrificados em atos
apregoados como religiosos, científicos, tirando das mãos
humanas a sede pelo sangue.

Abrande a tristeza dos que, como eu, foram abandonados,
pois, dentre todos os sofrimentos, esse foi o maior e mais
duro de suportar.

Receba, DEUS, nesta noite gelada, a minha alma, e
minha oração pelos que aqui ficam. É por eles que vos peço,
pois não são humanos, mas são Seus filhos, e são leais e inocentes, e foram criados por Suas mãos e merecem o Seu abrigo.

Amém.

Enviar a pagina em pdf por e-mail

Send articles as PDF to