Singrando Horizontes

Vive muito mais feliz
quem bebe as águas das fontes,
e, também, minh´alma diz,
quem vai Singrando Horizontes !
(Ialmar Pio Schneider - Porto Alegre/RS)

Vai, Singrando Horizontes,
O infinito é a ambição
rumo aos mais distantes montes,
rumo à imaginação!
(Sinclair Pozza Casemiro - Campo Mourão/PR)

Você é a Gralha Poeta
que leva nossa poesia
ao mundo, em que o grande esteta
criou com tanta harmonia!
(Nei Garcez – Curitiba/PR)
Nas artes e na literatura, vão surgindo as classificações didáticas, as separações por faixas etárias, estilos, temáticas etc. Ha professores e alunos no Brasil, que aprendem só isso da produção artística. Decoram nomes, escolas e datas, mas não se embrenham nos livros, preferem o futebol ou o vídeo-game. A Literatura de boa qualidade nos empolga, lemos sem poder largar o livro, as páginas suscitam nossa emoção, respondem ou provocam perguntas.

Sem a Literatura acumulada nos séculos, o ser humano estaria muito mais próximo da animalidade que ainda o caracteriza nas páginas policiais. Em minhas oficinas ninguém gasta muito tempo com aquela americana lista de soft, hard etc. etc. Falamos em cenas que não saem da memória, em emoções que derramam lágrimas, falamos em idéias e como expressa-las com eficiência. Quem entra em um Museu não fica procurando renascentistas, impressionistas, dadaistas, cubistas ou abstracionistas. O espectador inteligente não procura escolas ou datas, procura obras primas. Nossa ambição deve ser a obra-prima.

(André Carneiro)


Fonte da Imagem da Pomba = http://www.senado.gov.br/portaldoservidor/jornal/jornal121/qualidade_vida_paz.aspx

terça-feira, 21 de junho de 2011

LII Jogos Florais de Nova Friburgo (Classificação Final) Parte 2


CONCURSO DOS MAGNÍFICOS TROVADORES

Trovas Líricas / Filosóficas: = Três Melhores Conjuntos
Tema: “Página”

1º lugar = JOSÉ TAVARES DE LIMA – Juiz de Fora/MG

No livro do meu viver,
posso dizer-te contente:
nosso amor não vai caber
em mil páginas... somente!

Porque partiste, lamento;
mas mesmo de alma ferida,
nunca, no meu pensamento,
serás página esquecida!

Amo-te muito, mas triste,
reconheço que este afeto
é página que só existe
no meu diário secreto!...

Desde o dia em que partiste,
chorando o desprezo teu,
sou a página mais triste
que a desventura escreveu!...

Do livro que é minha vida,
és, podes crer, sem receio,
a página preferida
que a todo instante releio...

2º lugar = ARLINDO TADEU HAGEN – Belo Horizonte/MG

Prova a paixão retomada
que, nem sempre, em nossa vida
uma página virada
é uma página esquecida.

Meu diário me consome
mas relendo-o percebi
que as páginas sem teu nome
são dias que eu não vivi...

Sou poeta e, muito franco,
confesso a minha aflição
quando uma página em branco
desafia a inspiração!

Dia de chuva...enxurrada,
o menino, sem folguedos,
de uma página dobrada
faz o melhor dos brinquedos!

Leio o adeus inclemente
na carta de despedida:
uma página somente,
que destruiu minha vida!

3º lugar = JOSÉ OUVERNEY – Pindamonhangaba

No meu livro de amarguras,
desta vida “pós-você”,
há páginas tão escuras
que nem a saudade lê...

Não sou teu, nem tu és minha:
somos páginas esparsas,
compondo – linha por linha
–a mais clássica das farsas!

Nosso amor suporta o tranco
com ousadia e requinte:
a cada página em branco,
sobra emoção na seguinte!

Hoje me causa repulsa
lembrar que este amor, que empunho,
foi só uma página avulsa
no teu bloco de rascunho...

A página mais bonita
de tantas, que a Trova encerra,
há muito vem sendo escrita
no coração desta Serra!

CATEGORIA “TROVAS ISOLADAS:

1º lugar = SÉRGIO FERREIRA DA SILVA – Santo André/SP

Nas páginas principais
do teu livro de memórias
fui rodapé, nada mais,
sempre à margem das histórias.

2º lugar = PEDRO MELLO – São Paulo/SP

Ainda que sejas minha
só nos lençóis do meu sonho,
tu moras em cada linha
das páginas que componho!...

3º lugar = JOSÉ TAVARES DE LIMA – Juiz de Fora/MG
Do livro que é minha vida,
és, podes crer, sem receio,
a página preferida
que a todo instante releio...

DEMAIS TROVAS LÍRICO/FILOSÓFICAS MAIS VOTADAS:

Das poesias favoritas
do livro que o amor ditou,
as páginas mais bonitas
a vida desmantelou.
ALMERINDA LIPORAGE – RJ

Viro a página, querida,
pois já te cansa a leitura
de um amor, cuja ferida,
pelo jeito... não tem cura!
ANTONIO CARLOS TEIXEIRA PINTO – Brasília/DF

Nosso “amor”... amor não era!
Folha tão triste... rasgada
de um livro que não se altera
nem com página arrancada!
CAROLINA RAMOS – Santos/SP

Na página iluminada
do livro azul do universo,
a lua, em noite estrelada,
deita prata em cada verso!...
EDNA VALENTE FERRACINI – São Paulo/SP

A página onde em menino
meus sonhos pude escrever,
a mão rude do destino
virou... sem ao menos ler!
EDMAR JAPIASSU MAIA – Rio de Janeiro/RJ

Pelas curvas das jornadas
escondo as mágoas sofridas...
São páginas descartada
sque jamais serão relidas!...
MARILÚCIA REZENDE – São Paulo/SP

Na página do livreto
em que contei nossas vidas,
só restam em branco e preto
as gravuras coloridas.
MARIA NASCIMENTO S. CARVALHO – Rio de Janeiro/RJ

CONCURSO DOS MAGNÍFICOS TROVADORES

Humorística: Três Melhores Conjuntos
Tema: “Desfile”

1º lugar = SÉRGIO FERREIRA DA SILVA – Santo André/SP

Festejando o Carnaval
um mico-leão, à toa,
desfilou no bananal
e, agora, é... Mica-Leoa!

No desfile da Mangueira,
a “mina” com quem “ficara”,
(embora fosse fagueira)
não era “mina”... era um “cara”!

Na rua do caloteiro
há um desfile organizado:
o cobrador vem primeiro;
no final, o delegado!

Desfila a girafa e, então,
a formiga, rente ao solo,
escapando de um pisão,
lhe deseja um “torcicolo”!

A “feiosa” desfilando:
“O meu sonho é ser modelo...
”E a sogra, então, desdenhando:
“imagina o pesadelo!”

2º lugar = JOSÉ TAVARES DE LIMA – Juiz de Fora/MG

A rechonchuda donzela
foi do desfile excluída:
a parte traseira dela
ultrapassava a medida!...

De saia curta a vizinha
ao desfilar, saltitante,
nem percebeu que não tinha
uma pecinha importante!...

Empolgada, desfilava,
sem ver que, de tão sumário,
o seu biquíni não dava
pra esconder o necessário!

Num desfile à fantasia
foi barrado um folião...
É que o gajo se exibia
fantasiado de Adão!...

Ao desfilar, a morena
querendo abafar, vestia
uma tanga tão pequena,
que a gente quase não via!...

3º lugar = THEREZINHA DIEGUEZ BRISOLLA – São Paulo/SP

O meu traje de diabo
para o desfile, é modesto.
O que falta é por o rabo
porque a ex... já pôs o resto!

Foi de tomara-que-caia
desfilar... como previu,
foi só tropeçar na saia
e o seu “tomara”... caiu!!!

Pra ter fama, não se poupa..
.e é no carnaval, na certa,
que, se desfilar sem roupa.
ela será descoberta.

Prejuízo ele não leva
quando desfila a parceira...
Sempre manda a esposa de Eva,
só com a folha de parreira!

Desfila desprevenida
e usando um disfarce,
a idosa.Ao ficar nua é detida
por propaganda enganosa!

CATEGORIA “TROVAS ISOLADAS:

1º lugar = THEREZINHA DIEGUEZ BRISOLLA – São Paulo/SP

Foi de tomara-que-caia
desfilar... como previu,
foi só tropeçar na saia
e o seu “tomara”... caiu!!!

2º lugar = SÉRGIO FERREIRA DA SILVA – Santo André/SP

Na rua do caloteiro
há um desfile organizado:
o cobrador vem primeiro;
no final, o delegado!

3º lugar = EDMAR JAPIASSÚ MAIA – Rio de Janeiro/RJ

No desfile ela aparece
esguia, branca e elegante.
Diz vovô, quando ela desce:
- isso é uma vela ambulante!

OUTRAS DE HUMOR MAIS VOTADAS:

Sem ser dia de parada,
uma tropa se formou...
Foi depois da feijoada,
que o desfile começou...
ANTONIO CARLOS TEIXEIRA PINTO

Viu revoltada, a baranga,
o maridão moralista,
quase nu, soltando a franga
no desfile da Paulista.
CAMPOS SALES - SP

CONCURSO PARALELO

Tema – LUZ

O sonho que me incendeia,
à luz da terceira idade,
parece uma lua cheia
no infinito da saudade !
EDUARDO TOLEDO - Pouso Alegre/MG

Cem anos já são passados...
mas só vendo que riqueza...
aqui, por todos os lados,
a luz se mantém acesa !...
DARI PEREIRA – Maringá/PR

Sem teu amor que me exalta
o sol nem mesmo reluz!...
e eu percebo em tua falta
que falta faz tua luz !
ELEN DE NOVAES FELIX – Niterói/RJ

Meus dias hoje não têm
a luz outrora sentida,
devido à ausência de quem
era a Luz de minha vida ...!
PEDRO MELLO - São Paulo/SP

Há sempre uma luz acesa
para iluminar os passos
de quem busca, com firmeza,
se redimir dos fracassos...
ANAEL TAVARES DA SILVA - Juiz de Fora/MG

Não faças do semelhante
qual vela que tem valia,
somente naquele instante
em que te falta energia.
Mª DE FÁTIMA SOARES DE OLIVEIRA - Juiz de Fora/MG

Abraçado ao travesseiro,
o desejo me conduz
a querer teu corpo inteiro
no teu quarto...”à meia-luz” !
EDMAR JAPIASSU MAIA - Rio de Janeiro/RJ

Se a tristeza me confina
e apaga meu brilho assim,
a luz da Fé me ilumina
e me defende... de mim !
THEREZA COSTA VAL - Belo Horizonte/MG

A luz que jorra na fonte
que os olhos não podem ver,
amplia mais o horizonte
que a nuvem tenta esconder !
ROBERTO RESENDE VILELA - Pouso Alegre/ MG

Desperta o sol, que seduz,
na manhã que se inicia,
injetando força e luz
nas veias de um novo dia !
ARLINDO TADEU HAGEN - Belo Horizonte/MG

CONCURSO PARALELO
Humorísticas
Tema – Energia


Minha energia já era,
essa mulher me extenua!
-Então... tua esposa é fera!
-Minha não... Falo da tua!
JOSÉ OUVERNEY – Pindamonhangaba/SP

O meu problema é que pago
altos custos de energia:
até que a luz eu apago,
mas fica acesa a Maria...
WANDA DE PAULA MOURTHÉ - Belo Horizonte/MG

Burrinha, feinha, insossa ...
mas endoida quem a toque.
É que a energia da moça
é tanta que até dá choque!...
A.A. DE ASSIS – Maringá/PR

Na descarga de energia,
foi quase eletrocutado ...
E ele. Em choque, repetia:
“Tô chocado! Tô chocado !”
SÉRGIO FERREIRA DA SILVA - São Paulo/SP

Vovô,viúvo, irradia
a força de um rapagão:
“O Viagra dá energia,
o resto tudo elas dão...”
MILTON SOUZA - Porto Alegre/RS

No “circuitos” onde é vista
sua “energia” é constante.
A mulher do “eletricista”
é realmente “chocante” !
ARLINDO TADEU HAGEN - Belo Horizonte/MG

Pobre velhinho,a sofrer,
na noite em que se casou,
pois na hora do “vamos ver”,
sua ... energia ... acabou!
IZO GOLDMAN - São Paulo/SP

Ando sem luz... desligada...
Sem a energia prevista...
E a cartomante,chocada:
- Vou chamar o eletricista!
THEREZINHA DIEGUEZ BRIZOLA - São Paulo/SP

O jantar à luz de velas
bem romântico seria
se a razão não fosse aquelas
contas altas de energia.
MAURÍCIO CAVALHEIRO – Pindamonhangaba/SP

“De que vale a ‘conta’ em dia
-diz a velha ao velho dela-,
se sempre falta ‘energia’
bem no melhor da ‘novela’ ?!”
MARIA MADALENA FERREIRA – Magé/RJ

CONCURSO PARALELO LOCAL (Nova Friburgo)

Tema – LUZ

Sob a luz da compaixão,
Resplandece o intenso expurgo,
com todos no mutirão
do amor erguendo Friburgo.
AILTO RODRIGUES

Friburgo brilha de novo
porque a sua claridade
vem da “Força e Luz de um povo
que “Energiza” esta cidade!
ANA MARIA MOTTA

Tamanha fé me conduz
no escuro da minha estrada
que basta um fio de luz
para ser iluminada!
CYRLÉA NEVES

Só quem tem fé vibra e sente,
mesmo não podendo vê-la...
Que a Luz que há dentro da gente,
reluz bem mais que uma estrela!
CLENIR NEVES RIBEIRO

Nossa cidade é de flores
e esconde na sua brisa,
uma luz que embala amores
e sempre nos energiza!
DILVA MARIA DE MORAES

A minha luz se consagre
nos momentos de tristeza...
Não peço a Deus um milagre...
peço apenas... fortaleza!
ELISABETH SOUZA CRUZ

Cem anos é quase nada,
Friburgo a parabeniza
e agradece iluminada
com sua luz Energisa!
IVONE MARQUES MOREIRA

Represados, nossos rios,
vão buscando a liberdade
nos postes de luz e fios
que cruzam toda cidade.
JOANA D’ARC DA VEIGA

Há tanta luz na cidade
mas, meu rancho na colina
é a minha felicidade
.....sob a luz da lamparina.
JOSÉ MOREIRA MONTEIRO

Aos Teus pés eu me ajoelho,
erguendo graças Senhor!-
Quem me dera ser espelho
para a Luz do Teu Amor!
RODOLPHO ABBUD

CONCURSO PARALELO LOCAL (Nova Friburgo)
Humorística
Tema – Energia

Caloteiro acha um pavor,
a escuridão só de fato,
quando o “cão” farejador
de energia encontra o “gato”!!!
AILTO RODRIGUES

Falta energia... se atrasa
quando a mulher o espezinha,
deixa o apagão sempre em casa
e acende a luz da vizinha!
CLENIR NEVES RIBEIRO

Desfiz laços conjugais
só porque entrei num fria:
os seus dotes virtuais
não tinham tanta energia.
DILVA MARIA DE MORAES

Energia fabulosa
tem a mulher do sargento,
Rita é muito caridosa
sempre acolhe o regimento!
DIRCE MONTECHIARI

Ouvindo falar de um gato,
a vizinha se arrepia...
mas que pena que esse fato
foi um “gato” na energia!
ELISABETH SOUZA CRUZ

Era do tipo animado-
um amante da folia –
com a patroa deitado
sempre faltava energia.
FLÁVIO FERREIRA DA SILVA

A namorada foguenta,
tem um calor tão brutal!...
a minha energia esquenta,
mas derrete no final !!!
JOÃO BATISTA VASCONCELLOS

Faltando luz todo dia,
o marido desligado,
bota a culpa na energia
por andar sempre apagado!
IVONE MARQUES MOREIRA

Que energia! Tão robusto!...
de bíceps bem masculino,
vendo o rato... veio o susto,
dançou como bailarino!
LÚCIA HELENA DE LEMOS SERTÃ

Ele pede economia
e ela encontra seu caminho,
poupando sua energia
com o “gato” do vizinho!
RODOLPHO ABBUD

PRÊMIO ESPECIAL: “RECADOS PARA NOVA FRIBURGO”:

Devido ao desastre climático sofrido por Nova Friburgo em janeiro deste ano representaram uma comoção nacional com repercussão internacional. Este episódio sensibilizou os trovadores que através de telefone e internet procuravam ansiosos, notícias da cidade e principalmente dos trovadores e seus familiares. Cabe pois, agora, agradecermos, muito emocionados, as demonstrações de carinho e solidariedade, comprovando que, ao nos chamarmos de “irmãos”, não estamos apenas fazendo uma referência protocolar mas vivenciando essa condição fraterna.
Estando a UBT de Nova Friburgo nesta ocasião, promovendo seus Jogos Florais, muitos de nossos irmãos trovadores enviaram trovas, do tema RECADO, abordando este fato.
Resolvemos então selecioná-las e premiar dez. Intitulamos esta iniciativa de: “Recados para Nova Friburgo”.

SELECIONADOS

“Recados” nos traz o clima,
em chuva, em frio, em calor...
Mas o Homem subestima
a voz do seu Criador !
ANTÔNIO DE OLIVEIRA - Rio Claro/SP

A tragédia que tivemos,
com tanta dor e tristeza,
foi porque não atendemos
recados da Natureza.
ANTÔNIO SIÉCOLA MOREIRA - Santa Rita do Sapucaí/MG

Dos trovadores a Praça,
sem recado destruída,
ganhará de Deus a graça
de ser outra vez erguida!
FÁBIO SIQUEIRA DO AMARAL - Bom Jesus dos Perdões/SP

O recado vem dos céus,
quando agredimos o chão,
e, depois, vemos incréus,
no que deu essa agressão...
FLAVIO ROBERTO STEFANI - Porto Alegre/RS

Na fúria da natureza,
que assusta e mata, inclemente,
há recados, com certeza,
chamando a atenção da gente.
JOÃO COSTA – Saquarema/RJ

Foi grande a nossa tristeza...
saber teu solo alagado...
Quando a própria natureza
não soube dar o recado.
JOSÉ GILBERTO GASPAR - São Bernardo do Campo/SP

Qual fênix que renascia
cheia de brilho e de cores,
Nova Friburgo é magia,
é um recado aos trovadores!
MARIA LUCIA GODOY PEREIRA - Belo Horizonte/MG

Na tragédia, amigos meus,
que rolou da imensidade,
quantos recados de Deus
para toda a humanidade!
ROZA DE OLIVEIRA – Curitiba/PR

Às vezes, sem sutileza,
num mundo tão maltratado,
a nossa Mãe Natureza
nos manda um triste recado...
WALTER SANCHES – Minaçu/GO

Na tragédia em que o destino
manteve a igrejinha em pé,
vejo o recado Divino:
- Friburgo, não perca a fé !
WANDIRA FAGUNDES QUEIROZ – Curitiba/PR

Fonte:
Darlene A. A. Silva

Nenhum comentário:

Autor Anônimo (Oração do Cão Abandonado)

DEUS
Sei que sou um ser criado por ti, para ser amado
pelos homens mas nasci sem a sorte de alguns de minha espécie.

Hoje meu dono levou-me a um passeio de carro.
Chegamos em uma praça, ele tirou minha coleira,
me fez descer do carro, e virando-me as costas,
foi embora e nem se despediu.

Tentei segui-lo mas o carro corria muito e não pude alcançá-lo.
Caí exausto no asfalto. Ainda não entendi. Por que ele me abandonou?

Eu sempre o recebi abanando o rabo, fazia festa e lambia seus pés.
Sempre lati forte, para defendê-lo e afastar os estranhos da porta.

Eu brincava com as crianças... ah! elas me adoravam.
Que saudades. Será que elas ainda se lembram de mim?

Deus, eu fico imaginando como seria bom se eu pudesse
comer agora. Puxa, estou faminto.

Não tenho água para beber, e estou tão cansado.

Procuro um cantinho onde possa me abrigar da chuva,
mas muitas vezes sou chutado.
As pessoas não gostam muito de mim aqui nas ruas.

Estou fraco, não consigo andar muito,
mas encontrei enfim um lugar para passar essa noite.

Está muito frio e o chão está molhado.
Já não tenho pêlo para me aquecer, estou doente,
e creio que ainda hoje vou me encontrar contigo.
Aí no céu meu sofrimento vai terminar.

Peço-vos então, pelos outros, por todos os cãezinhos e animais
abandonados nas ruas, nos parques, nas praças.

Mande-lhes pessoas que deles tenham compaixão,
pois sozinhos, viverão poucos meses, serão atropelados,
sofrerão maltratos dos impiedosos. Proteja-os.

Amenize-lhes esse frio, com o calor das pessoas abençoadas.

Diminua-lhes a fome, tal qual a que sinto, com o alimento do amor que me foi negado.

Sacie-lhes a sede com a água pura dos Seus ensinamentos.

Elimine a dor das doenças, dos maltratados, estirpando a
ignorância do homem.

Tire o sofrimento dos que estão sendo sacrificados em atos
apregoados como religiosos, científicos, tirando das mãos
humanas a sede pelo sangue.

Abrande a tristeza dos que, como eu, foram abandonados,
pois, dentre todos os sofrimentos, esse foi o maior e mais
duro de suportar.

Receba, DEUS, nesta noite gelada, a minha alma, e
minha oração pelos que aqui ficam. É por eles que vos peço,
pois não são humanos, mas são Seus filhos, e são leais e inocentes, e foram criados por Suas mãos e merecem o Seu abrigo.

Amém.

Enviar a pagina em pdf por e-mail

Send articles as PDF to