Singrando Horizontes

Vive muito mais feliz
quem bebe as águas das fontes,
e, também, minh´alma diz,
quem vai Singrando Horizontes !
(Ialmar Pio Schneider - Porto Alegre/RS)

Vai, Singrando Horizontes,
O infinito é a ambição
rumo aos mais distantes montes,
rumo à imaginação!
(Sinclair Pozza Casemiro - Campo Mourão/PR)

Você é a Gralha Poeta
que leva nossa poesia
ao mundo, em que o grande esteta
criou com tanta harmonia!
(Nei Garcez – Curitiba/PR)
Nas artes e na literatura, vão surgindo as classificações didáticas, as separações por faixas etárias, estilos, temáticas etc. Ha professores e alunos no Brasil, que aprendem só isso da produção artística. Decoram nomes, escolas e datas, mas não se embrenham nos livros, preferem o futebol ou o vídeo-game. A Literatura de boa qualidade nos empolga, lemos sem poder largar o livro, as páginas suscitam nossa emoção, respondem ou provocam perguntas.

Sem a Literatura acumulada nos séculos, o ser humano estaria muito mais próximo da animalidade que ainda o caracteriza nas páginas policiais. Em minhas oficinas ninguém gasta muito tempo com aquela americana lista de soft, hard etc. etc. Falamos em cenas que não saem da memória, em emoções que derramam lágrimas, falamos em idéias e como expressa-las com eficiência. Quem entra em um Museu não fica procurando renascentistas, impressionistas, dadaistas, cubistas ou abstracionistas. O espectador inteligente não procura escolas ou datas, procura obras primas. Nossa ambição deve ser a obra-prima.

(André Carneiro)


Fonte da Imagem da Pomba = http://www.senado.gov.br/portaldoservidor/jornal/jornal121/qualidade_vida_paz.aspx

sábado, 18 de junho de 2011

XV Juegos Florales de Santos (Classificación Final)


Concurso Paralelo – hispánico
Tema: Paz

VENCEDORES


Desde mi amor más profundo
pido a Dios en mi oración
colme de paz este mundo
junto con su bendición.
ÂNGELA DESIRÉ PALACIOS BRAVO – Venezuela

La paz que aspira mi anhelo
la encontraré, sin ocaso
quando disfrute del cielo
que me brinde tu regazo.
CARLOS EDUARDO R. SÁNCHEZ – Venezuela

A los pies de Dios orando
con fervor la Paz pidió.
Diós le contestó llorando
por ella mi hijo murió...
CRISTINA OLIVEIRA CHÁVEZ – Estados Unidos

El primer Nobel del mundo,
jamás há sido entregado,
fue el de Paz y amor profundo
Ganador? Jesús amado!
CRISTINA OLIVEIRA CHÁVEZ – Estados Unidos

Que la paz cruce fronteras
y enlace nuestros caminos,
uniendo una y mil banderas
que eleven nuestros destinos.
LIZ CASTRO RIVERA – México

La paz es pueblo despierto,
es trabajo, es pan y empeño,
uva en la vid, verde el huerto
y en invierno es rojo leño.
SUSANA STEFANIA CERUTTI – Argentina

MENCIONES HONROSAS

En paz yo quiero tenerte...
abrazarmos en la espuma
de aquella nostalgia inerte
que se escapó de la bruma.
ALÍCIA BORGOGNO – Argentina

Yo soy la paz dijo Cristo
Y en su palabra confio.
De caridad yo me visto.
Este es hoy mi desafio!
LÍBIA BEATRIZ CARCIOFETTI – Argentina

La guerra no es solución
para resolver conflictos
si tenemos la intensión
de lograr la paz invictos.
HECTÓR JOSÉ CORREDOR CUERVO – Colômbia

El poeta siempre clama
por la Paz y hay en su voz
el credo que reza y ama
porque en su verbo está Dios.
MANUEL SALVADOR LEYVA MARTINEZ – México

Te propongo como hermanos
un poema por la paz,
unir com fuerza las manos
nuestro espírito tenaz.
RAMÓN ROJAS MOREL – México

MENCIONES ESPECIALES

Paz me dan tus verdes ojos
por eso te quiero tanto
porque cumples mis antojos
y en mis trovas yo te canto...
ÂNGELA DESIRÉE PALACIOS BRAVO – Venezuela

Vamos poetas hermanos!
Logremos paz en el mundo,
elevando muy ufanos,
cânticos de amor profundo.
ELIZABETH LEYVA RIVERA – México

Amigos de todo el mundo
busquemos siempre la paz,
sintiendo un amor profundo
sin que haya guerra jamás.
GLORIA RIVERA ANDREU – México

Logra paz en tu interior
y derrâmala en la tierra,
es hermana del amor,
antitesis de la guerra.
MARIA CRISTINA FERVIER – Argentina

Quiero con risa y cantos
envolver al mundo entero,
que en los niños no haya llantos
solo paz y amor primero.
RENÉ B. ARRIAGA DEL CASTILHO – México

DESTAQUES

Las vidas de compañeros
en la paz idolatrada,
tienen perfumes señeros
como reina enamorada.
ADY YOGUR – Israel

Quiero borrar de la tierra
desde el fondo de su faz.
Ese câncer que es la guerra,
con antidoto de paz.
CLÁUDIO GARIBALDY M. SEGURA – República Dominicana

La paz ha costado mucho,
en vidas y en sufrimientos,
y por su existencia lucho
con mi trova y sentimientos.
ELENA GUEDE ALONSO – Perú

LA PAZ es palavra santa,
es del niño idolatria,
escúchenlo cuando canta
el amor, sin felonia.
GÉRMAN ECHEVERRIA AROS - Chile

Es la Paz Blanca paloma,
vuela errante por la tierra,
sigue el rastro del aroma
que la aleja de la guerra.
GISELA CUETO LACOMBA – Cuba

Todos ansiamos la paz
para vivir en la gloria
en esemundo solaz
que prosiga nuestra historia.
HILDEBRANDO RODRIGUEZ – Venezuela

Paz es el canto que vibra
en el timón de una barca,
y el el motor que nos libra
de no temer a la parca
MARTHA ALICIA QUI AGUIRRE – México

Pisoteada, ultrajada
reventada en su simiente,
pero la PAZ es amada
en su corazón consciente.
MIGUEL ANGEL MUÑOZ CORTÉS – Espanha

Paz es bendición del Cielo!....
Paz es amor y es bonanza!
Porque ella transforma el hielo,
en manantial de esperanza!
MIGUEL ANGELE ALMADA – Argentina

No mas guerra, nunca más.
No mas odios ni rencor.
Solo quiero un son de paz
Solo quiero, Dios, tu Amor.
MODESTO MAURÍCIO SAUAN – Argentina

La paz descansa en tus ojos
si me miras sin reparo,
mi corazón en hinojos
se enciende como cual faro.
OLGA MARICELA TREVIÃO – México

El mundo será capaz
de vivir en armonia
si el líder pregona paz,
con la paz de su alegria.
RICARDO DUCOING - Argentina

Fonte:
Caderno dos Florais de Santos. Digitado por José Feldman.

Nenhum comentário:

Autor Anônimo (Oração do Cão Abandonado)

DEUS
Sei que sou um ser criado por ti, para ser amado
pelos homens mas nasci sem a sorte de alguns de minha espécie.

Hoje meu dono levou-me a um passeio de carro.
Chegamos em uma praça, ele tirou minha coleira,
me fez descer do carro, e virando-me as costas,
foi embora e nem se despediu.

Tentei segui-lo mas o carro corria muito e não pude alcançá-lo.
Caí exausto no asfalto. Ainda não entendi. Por que ele me abandonou?

Eu sempre o recebi abanando o rabo, fazia festa e lambia seus pés.
Sempre lati forte, para defendê-lo e afastar os estranhos da porta.

Eu brincava com as crianças... ah! elas me adoravam.
Que saudades. Será que elas ainda se lembram de mim?

Deus, eu fico imaginando como seria bom se eu pudesse
comer agora. Puxa, estou faminto.

Não tenho água para beber, e estou tão cansado.

Procuro um cantinho onde possa me abrigar da chuva,
mas muitas vezes sou chutado.
As pessoas não gostam muito de mim aqui nas ruas.

Estou fraco, não consigo andar muito,
mas encontrei enfim um lugar para passar essa noite.

Está muito frio e o chão está molhado.
Já não tenho pêlo para me aquecer, estou doente,
e creio que ainda hoje vou me encontrar contigo.
Aí no céu meu sofrimento vai terminar.

Peço-vos então, pelos outros, por todos os cãezinhos e animais
abandonados nas ruas, nos parques, nas praças.

Mande-lhes pessoas que deles tenham compaixão,
pois sozinhos, viverão poucos meses, serão atropelados,
sofrerão maltratos dos impiedosos. Proteja-os.

Amenize-lhes esse frio, com o calor das pessoas abençoadas.

Diminua-lhes a fome, tal qual a que sinto, com o alimento do amor que me foi negado.

Sacie-lhes a sede com a água pura dos Seus ensinamentos.

Elimine a dor das doenças, dos maltratados, estirpando a
ignorância do homem.

Tire o sofrimento dos que estão sendo sacrificados em atos
apregoados como religiosos, científicos, tirando das mãos
humanas a sede pelo sangue.

Abrande a tristeza dos que, como eu, foram abandonados,
pois, dentre todos os sofrimentos, esse foi o maior e mais
duro de suportar.

Receba, DEUS, nesta noite gelada, a minha alma, e
minha oração pelos que aqui ficam. É por eles que vos peço,
pois não são humanos, mas são Seus filhos, e são leais e inocentes, e foram criados por Suas mãos e merecem o Seu abrigo.

Amém.

Enviar a pagina em pdf por e-mail

Send articles as PDF to